Maricá reforça barreiras sanitárias no feriadão de Corpus Christi


Conforme estava previsto no decreto assinado pelo prefeito Fabiano Horta (PT), o município de Maricá volta à bandeira Laranja (de isolamento social) a partir desta quinta-feira (11) até o domingo (14) em decorrência do feriado prolongado de Corpus Christi, amanhã. A medida cumpre o decreto publicado no Jornal Oficial de Maricá (JOM) no dia 02 deste mês, que estabelece o retorno da bandeira anterior quando existir um feriado prolongado

Desde o dia 04/06 a cidade se encontra na bandeira Amarelo (Nível 1), que prevê a reabertura gradual de algumas atividades econômicas e regras para a utilização de espaços públicos de lazer. Logo após o feriado de Corpus Christi, na segunda-feira (15/06), o município retorna ao estágio vigente.

Na prática, esse retorno ao Laranja significa restrição à utilização de locais públicos de lazer como praias, lagoas, praças e parques. Fica suspenso também o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, exceto: supermercados; farmácias; hospitais, laboratórios e similares para atendimento de urgência, estabelecimentos bancários e casas lotéricas, lojas de conveniência, mercados, açougues, aviários, hortifrutis, comércios varejistas de alimentação animal e estabelecimentos de varejo e comercialização de produtos alimentícios. Já comércios como bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias, açaiterias, cafeterias e assimilares voltam a atender somente por delivery.

(foto Agência GBNEWS)

Com isso, também retornam as barreiras sanitárias colocadas em sete pontos estratégicos da cidade (Estrada dos Cajueiros, Recanto, Cala Boca, Ponta Negra, Ubatiba, Zacarias e Bambuí). O bloqueio entra em vigor a partir das 08h de quinta-feira (11/06) e vai até as 18h de domingo (14/06). Seu objetivo é conter o deslocamento e fluxo de pessoas no município e manter as medidas de ordem sanitária.

“Os agentes da Guarda Municipal, do Programa Estadual de Integração de Segurança (Proeis) e orientadores de trânsito utilizarão termômetro para verificar a temperatura dos ocupantes do veículo. Aqueles cuja temperatura estiver acima da normalidade, serão encaminhados para os polos de atendimento”, informou o subsecretário da pasta, Rhonaltt Bueno Pereira, enfatizando que os mesmos percorrerão os estabelecimentos comerciais para verificar o cumprimento das normas.

Com a vigência da bandeira Amarela (Nível 1) desde o dia 04/06, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Petróleo e Portos, Magnun Amado, em poucos dias já é possível perceber uma nova adaptação no comportamento do setor comercial. “Estamos observando o respeito das normas e também a adaptação desses comércios à nova realidade, na qual se tem o controle de vários critérios para que possa continuar funcionando de maneira responsável. Além do mais, estamos com equipes do Procon e da fiscalização de Posturas fazendo esse trabalho de conscientização para que possamos, de fato, ter o cuidado necessário para que o comércio volte”, avaliou .

É importante frisar que todos os estabelecimentos autorizados a funcionar devem cumprir as regras de segurança como distanciamento social de 1,5 m (um metro e meio) entre as pessoas, reforçar a higienização dos equipamentos e produtos, e orientar a utilização de máscaras por todos os cidadãos, além de disponibilizar na entrada e saída frasco de álcool 70%, garantir a circulação de ar com, no mínimo, uma porta ou uma janela aberta, dispor de comunicados que instruam os clientes e funcionários sobre as normas de proteção que estão em vigência no estabelecimento, entre outras medidas de segurança.