Saúde de Teresópolis orienta população sobre a realização de testes rápidos para COVID-19

Importante ferramenta de diagnóstico da COVID-19, a testagem segue protocolo orientado pelo Ministério da Saúde. Diante da pandemia declarada pela Organização Mundial da Saúde em 11 de março de 2020, metodologias mais rápidas foram aprovadas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para diagnóstico da doença, incluindo os testes rápidos para detecção de anticorpos contra COVID-19.

Em média, esses testes apresentam 86% de sensibilidade e 99% de especificidade, se aplicado da maneira e no prazo correto. Para esclarecer a população, a Secretaria de Saúde de Teresópolis divulga orientações sobre a utilização de testes rápidos para fins de diagnóstico da COVID-19.

 

Grupos prioritários para testagem

 

Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, o teste sorológico deve ser feito nas pessoas que apresentarem quadro de síndrome gripal (febre ou sensação de febre acompanhada de tosse e/ou dor de garganta e/ou coriza e/ou dificuldade respiratória) nas seguintes situações:

 

- Profissionais de saúde e de segurança em atividade;

 

- Pessoa que resida na mesma casa de um profissional de saúde ou de segurança em atividade;

 

- Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos e portadores de condições de saúde crônicas; 

 

- Pessoas que tiveram contato com pacientes positivos em investigação pela Vigilância

Epidemiológica.

 

Quando fazer o Teste Rápido

 

Seguindo Nota Técnica da Secretaria Municipal de Saúde, o teste é solicitado por médico da rede pública de saúde e deve ser feito, no mínimo, 7 dias completos depois do início dos sintomas de síndrome gripal e após avaliação clínica. Isso porque o resultado do teste, feito sem a avaliação de profissional médico, não confirma nem exclui completamente o diagnóstico de COVID-19.

 

De acordo com avaliação de profissional de saúde, o teste rápido também pode ser feito a partir do 10º dia de início de sintomas e, para casos mais graves, o período para avaliação pode ser estendido para além do 14º dia de início dos sintomas.

 

Resultado e acompanhamento

 

O resultado do teste rápido sai, em média, em 15 minutos. Todos os casos identificados são acompanhados pelas equipes das Unidades de Saúde, das Unidades Hospitalares, da UPA 24 Horas e do SAD (Serviço de Assistência Domiciliar). A COVID-19 é uma doença de notificação compulsória, ou seja, deve ser obrigatoriamente notificada às autoridades de saúde.

 

Em Teresópolis, a notificação é feita pela Divisão de Divisão Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde.

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino