Pandemia do coronavírus não impede a vacinação contra a aftosa em Maricá


O Estado do Rio de Janeiro está praticamente a um passo de ser reconhecido como livre de febre aftosa sem vacinação, mas, para isso, é necessário que prossiga com as ações programadas pelo Ministério da Agricultura

A campanha de vacinação contra a febre aftosa continua em Maricá, mesmo durante o período de isolamento social. A imunização de bovinos e bubalinos (búfalos) termina no próximo dia 31 de maio. As equipes da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca já vacinaram mais de 600 cabeças de gado desde o início do mês.

Segundo o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Carolino Santos, devem ser imunizadas aproximadamente duas mil cabeças de gado até o final da campanha. “As vacinas são distribuídas pela Prefeitura para o pecuarista que tiver até 60 cabeças”, explica o secretário, lembrando que é de responsabilidade do proprietário, que tem mais de 60 cabeças, vacinar os animais.

Semanalmente os técnicos da secretaria percorrem uma localidade do município para imunizar o gado. O agendamento para a vacinação na propriedade deve ser feito pelo telefone (21) 99207-2388.

No estado do Rio de Janeiro, a Secretaria de Agricultura, por meio da Defesa Agropecuária, permitirá que o pecuarista faça o lançamento da sua própria declaração de vacinação utilizando o Sistema de Integração Agropecuária - SIAPEC3. Foram disponibilizados, ainda, e-mail e whatsapp para envio da declaração e para tirar eventuais dúvidas sobre a campanha. O produtor conta com o apoio dos sindicatos rurais, lojas agropecuárias e prefeituras no recebimento de declarações, que são repassadas aos escritórios do serviço oficial, evitando, assim, a aglomeração nesses postos. Para comprovar a vacinação do seu rebanho, por e-mail ou via WhatsApp, o pecuarista deve digitalizar ou tirar uma foto do formulário de Declaração preenchido e da Nota fiscal, depois enviar a um dos contatos de e-mail ou para o Whastapp neste número: (021) 98605-1198. Os contatos de e-mail dos Núcleos de Defesa Agropecuária podem ser acessados por meio deste link: https://is.gd/nFCJ3D