Coronavírus-Maricá: 70% dos leitos do Che Guevara e 50% do Conde Modesto estão ocupados


EXCLUSIVO - Os hospitais municipais de Maricá, Che Guevara e Conde Modesto Leal estão com grande ocupação de pessoas infectadas com o coronavírus. Guardas municipais e servidores da linha de frente na área da saúde estão sendo monitorados

Os números são dinâmicos e mudam de acordo com o estado de saúde dos pacientes internados com coronavírus. No recém hospital inaugurado, o Che Guevara, exclusivo para pacientes com Covid-19, nesta segunda-feira (11), a ocupação dos leitos chegava a 70%. O Che possui 20 leitos de UTI, 10 de suporte e 40 de enfermaria. Já a ocupação do Conde Modesto Leal chegava a 50%.

Para serem internados nos hospitais, os pacientes passam por uma triagem num dos três Polos de Atendimento que até ontem, registraram movimentação de 2.899 pessoas. O movimento maior ficou por conta do polo do Centro, instalado no terreno do Esporte Clube Maricá. Deste total, cerca de 1.004 pacientes foram notificados e 768 transferidos para o Hospital Conde Modesto Leal e para a UPA de Inoã. Outras 1.743 receberam medicação fornecida pelas farmácias instaladas nos polos. As outras duas unidades ficam em Itaipuaçu e Ponta Negra.

A instalação desses polos aliviou a movimentação na UPA de Inoã e nos Postos de Saúde instalados em vários pontos de Maricá.

Sobre a informação de que nove guardas municipais estariam com coronavírus, um em estado grave, a Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Maricá informa que todos estão sendo testados e que nenhum foi internado.

“Quanto aos servidores da saúde que estão na linha de frente no combate ao Covid-19, também são testados de acordo como prevê o protocolo do Ministério da Saúde. Os que estão positivados para Covid-19, obviamente estão sendo afastados e substituídos automaticamente. O único óbito foi da auxiliar de enfermagem Denise Gomes, ocorrido na semana passada”, informou a SECOM.

Com a secretária de Saúde Simone Costa em isolamento para tratamento do coronavírus, a pasta está sob a responsabilidade da subsecretária Solange Oliveira.

Maricá fica na Baixada Litorânea do Rio de Janeiro (Região Metropolitana II), distante cerca de 60km do centro da capital e tem uma população estimada em 160 mil habitantes. O município é o recordista nacional em arrecadação dos royalties do petróleo e único do Estado administrado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), começando em 2008 com Washington Quaquá (dois mandatos) e nos últimos 3 anos e 5 meses com Fabiano Horta.

Isolamento social, distanciamento social de pelo menos 1,5m e o uso da máscara são ações fundamentais para combater a pandemia do coronavírus que em Maricá já causou 15 óbitos, 123 casos confirmados, 258 suspeitos, 130 descartados e 34 curados.