top of page

Deputado Carlos Jordy apoia delegado federal para a prefeitura de Niterói


O delegado aposentado da Polícia Federal Antônio Rayol (Podemos) é o nome escolhido pelo bolsonarismo na disputa pela Prefeitura de Niterói. Vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, o federal Carlos Jordy (PSL) fez uma transmissão em sua rede social, na noite desta segunda-feira (06), anunciando a indicação.

Carlos Jordy e Antonio Rayol (foto divulgação)

Rayol ficou conhecido por ter prendido o marqueteiro do ex-presidente Lula, o publicitário Duda Mendonça, numa rinha de galos. Ele já chegou a ensaiar uma candidatura pelo PSDB, em 2016, mas ficou como vice do ex-deputado Felipe Peixoto (PSD).

“Rayol teve uma carreira na polícia brilhante, irretocável. Tenho certeza que se fosse o nome na última eleição, sairia vencedor. É extremamente leal e fiel ao ideais do presidente Bolsonaro, alinhado ao nosso projeto de Brasil e não de poder, como nas administrações petistas e de esquerda”, afirmou Jordy, que precisou adiar a candidatura pelo fato de a desfiliação por justa causa do PSL não ter sido concedida pela justiça dentro do prazo eleitoral.

Na live, Rayol já mostrou que o tom está afinado com os padrinhos. Com discurso anticorrupção, falou na criação de uma controladoria geral para identificar possíveis irregularidades da atual gestão e promover a "desratização da prefeitura". Garantiu ainda começar com um recadastramento dos comissionados para separar o joio do trigo e afastar fantasmas.

“Eu tenho experiência em lidar com bandidagem. A caixa-preta da prefeitura de Niterói tem de ser aberta a machadadas, por gente experiente em enfrentar bandidos, para que seja acionado o ministério público e a justiça e os responsáveis paguem pela roubalheira. A atual prefeitura é um balcão de negócios, não pode continuar assim”, afirmou Rayol.

bottom of page