Prefeitura de Maricá esclarece a morte de médico com suspeita de coronavírus

Para acabar com as especulações que tomaram conta da cidade durante todo o dia de hoje (26), a Prefeitura de Maricá informou às 15h22, que um paciente, homem, de 62 anos, deu entrada às 4h da manhã no Posto de Emergência Santa Rita em Itaipuaçu, com aparentes sinais de um infarto. Apesar das tentativas de reanimação, ele não resistiu e faleceu.

                                                                        (foto agência GBNEWS)

 

O paciente, que é médico na rede pública de Saúde em São Gonçalo, residia em Niterói e tinha também casa de praia em Itaipuaçu. Possuía histórico de cardiopatia e diabetes, era obeso e estava em quarentena por ter apresentado sintomas associados ao coronavírus, mas em situação estável.  Era um dos casos suspeitos na relação divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde.

 

A secretaria já entrou em contato com as autoridades estaduais para solicitar prioridade no exame do material coletado e que se encontra no Laboratório Noel Nutels (Lacen), aguardando análise.

 

Segundo o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Maricá segue sem nenhum caso da doença confirmado e tem 28 casos suspeitos, aguardando análise. Maricá fica na Região Metropolitana II do Rio de Janeiro, distante apenas 60km da capital fluminense e tem uma população em torno de 160 mil habitantes.

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino