Coronavírus: comércio de Petrópolis fecha por 15 dias

 

O prefeito da Cidade Imperial, Bernardo Rossi (MDB), tomou mais uma medida dura no combate ao coronavírus. A partir desta segunda-feira (23) todos os estabelecimentos comerciais, shopping centers, centros comerciais, polos de moda e congêneres, bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos similares localizados no município ficarão fechados por 15 (quinze) dias.  Apenas supermercados, petshops, farmácias, padarias, postos de gasolina e serviços de saúde, como hospitais, clínicas e laboratórios, ainda que funcionem no interior dos estabelecimentos, poderão estar em funcionamento. Os restaurantes deverão adotar o sistema de delivery de produtos e alimentos, sem nenhum tipo de consumo no local.

“São medidas extremamente duras, como nunca tomadas, mas que tem um único objetivo: proteger todos os petropolitanos contra essa doença que está devastando o mundo. Vamos reforçar todas as ações que decretamos até o momento e se for necessário, vamos endurecer ainda mais. Peço, pelo amor que todos tem pelos entes queridos, que fiquem em casa, evitem ao máximo circular. Esse vírus se propaga de uma maneira muito rápida, por isso devemos ficar em casa para que não haja propagação”, enfatiza Rossi.

 

O prefeito Bernardo Rossi também entrou em contato com o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, e está buscando reforçar os leitos de retaguarda. A Secretaria de Saúde e a Vigilância Epidemiológica também vai orientar os profissionais que ainda terão contato com a população, como motoboys e entregadores de alimentos, empregados de supermercados e de farmácias, carteiros, na utilização de equipamentos de proteção contra a Covid-19.

 

A Secretaria de Assistência Social vai fechar as unidades do CRAS e CREAS em todo município. Será disponibilizado um 0800 para realizar os atendimentos à população. A Comdep vai estabelecer que todos os funcionários com mais de 60 anos deverão ficar em casa nos próximos 15 dias e deu recomendações expressas para que os diretores e gerentes de cada setor reforcem orientações para os servidores permanecerem em casa durante todo o período. O mesmo vale para pessoal da manutenção viária na Secretaria de Obras.

 

O estacionamento rotativo vai funcionar com a utilização dos aplicativos e os totens espalhados pela cidade, sem o sistema de pagamento em dinheiro para os controladores. A fiscalização será feita de forma aleatória nas áreas cobertas pelo rotativo.

 

Um empresário também fez a doação de duas mil máscaras e 40 óculos de proteção para serem usadas pelas equipes da Secretaria de Saúde. O material foi entregue neste sábado (21) na prefeitura.

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino