Renda Básica de Cidadania de Maricá é destaque na imprensa internacional


O levantamento feito por pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do Jain Family Institute (JFI), dos Estados Unidos, junto com a Secretaria de Economia Solidária, sobre os efeitos e ganhos trazidos pelo programa Renda Básica de Cidadania (RBC) projetou o Cartão Mumbuca novamente na imprensa internacional. A apresentação das primeiras conclusões da pesquisa chamou a atenção da mídia principalmente pelo fato de o RBC ser um programa consolidado, com um alcance maior e com uma característica que o diferencia dos demais: a moeda social que só circula na cidade e que injeta, mensalmente em torno de R$ 6 milhões na economia local

“O programa de Maricá se diferencia por ser uma política que alcança toda a cidade”, afirma o site Vox (EUA), comparando a iniciativa da cidade com ações implementadas na Finlância (com 2 mil pessoas), em Stockton (Califórnia, EUA, para 125 pessoas em um piloto), e no Quênia (com 26 mil pessoas). Já o site especializado em economia Business Insider destaca que o RBC não tem um prazo limitado de atuação, “como os 18 meses da experiência de Stockton ou os dois anos do programa de Barcelona (Espanha, 1.000 famílias).

Um dos principais veículos da Espanha, o El País destaca que “o debate sobre a necessidade de o Estado assegurar as necessidades básicas de seus cidadãos cresce como uma bola de neve” e que “diferentemente de outros projetos, o de Maricá contempla uma parte significativa da população, um em cada três habitantes, sem prazo, o que permite um conhecimento real dos impactos”. O jornal espanhol lembra que a experiência finlandesa foi encerrada sem que a empregabilidade dos atendidos fosse melhorada, Tal fato não se registrou em Maricá – a 58ª cidade no país em geração de empregos formais em 2019.

Já o britânico The Independent destaca a avaliação do CEO do JFI Institute, Michael Stynes sobre o programa Renda Básica de Cidadania, classificado por ele como “um passo corajoso, dado por um governo inovador, para melhorar a vida dos seus cidadãos”. A britânica BBC, através de seu braço no Brasil, também repercutiu a pesquisa e o prograa em uma extensa reportagem publicada em seu site.

O levantamento sobre a repercussão na imprensa foi entregue pelo próprio Stynes, que esteve na manhã de sexta-feira (14/) na Prefeitura, acompanhado de outros integrantes do JFI e do presidente da Rede Brasileira de Renda Básica, Leandro Ferreira. O grupo foi recebido pelo secretário de Comunicação, Olavo Noleto e por integrantes da equipe da Secom.