Todos os candidatos a agente de Defesa Civil de Maricá foram reprovados

Duzentos e setenta e cinco candidatos entre homens e mulheres realizaram nesta segunda-feira (10) o Teste de Aptidão Física (TAF) para preenchimento de 55 vagas do concurso para agentes da Defesa Civil. A prova foi realizada na altura da Rua 0, na praia da Barra de Maricá e todos foram reprovados. A maioria também não apresentou atestado médico para fazer a prova conforme consta do edital

O teste é dividido em duas etapas. Nesta segunda, os candidatos tiveram que nadar 800 metros e correr 1.800 metros na areia. Na primeira prova, os homens tiveram que fazer o percurso em 16 minutos. Já as mulheres nadaram a mesma distância em 17 minutos.

 

Porém, a entrada de uma corrente marítima durante a realização das provas, que não estava prevista, impactou no desempenho dos candidatos. Como consequência, nenhum deles conseguiu ser aprovado.

 

Por isso, a partir das 11h desta terça-feira (11), haverá uma reunião na sede da Procuradoria Geral do Município (PGM) com os procuradores do município e os da UFF para discutir a possibilidade de uma reaplicação da prova. Vale ressaltar, no entanto, que está mantida também nesta terça-feira (11) a prova de biathlon que será realizada no mesmo local.

 

O teste só não será efetuado se as condições de segurança marítima tiverem comprometidas. As candidatas precisam terminar a prova de 400 metros de natação e 450 metros de corrida em 16 minutos. Já os homens terão 14 minutos para concluírem o mesmo percurso.

 

Para a realização da prova, os candidatos contaram com o apoio de uma UTI móvel toda equipada, com uma ambulância semi-UTI, médicos, paramédicos, Guarda Municipal, Grupamento Tático Operacional (GTO), agentes e orientadores de trânsito, além das equipes da coordenação da Coseac (UFF), instituição que preparou o certame.

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino