Silva Jardim: sete chapas são registradas para as eleições suplementares

Sete chapas registraram candidaturas para os cargos de prefeito e vice nas eleições suplementares de Silva Jardim, Região das Baixadas Litorâneas do Rio de Janeiro, que serão realizadas em 8 de março. Todos os pedidos de registro deverão estar julgados pelo juízo da 63° Zona Eleitoral até o dia 21 de fevereiro. O prefeito eleito exercerá o mandato até 31 de dezembro de 2020. Posteriormente, irá assumir o cargo o candidato que será escolhido nas eleições municipais deste ano

Em ordem alfabética, concorrem Antônia Benfeitas, a Dra. Antônia Benfeitas, candidata pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), tendo como vice Maria José da Silva. Evandro Pietrafessa encabeça a candidatura do partido Avante, com Elmo Cruz Machado como vice. Jaime Figueiredo e a vice, Marcilene Xavier, são os candidatos da coligação "Reconstruindo Silva Jardim" (PP/ PROS).

 

A chapa de Júlio Cezar Delphino, o pastor Júlio Cezar, traz como vice Pedro Paulo do Carmo, o Pedro Paulo Pepê. Eles concorrem pelo partido Podemos (PODE). Maria Dalva do Nascimento, a Cilene, e o vice Marcos Antônio Nascimento, o Marquinho Caranga, disputam pelo Solidariedade (SD). Já Valber Tinoco terá como vice o coronel Wolney Dias, na Coligação "Escrevendo uma Nova História" (Republicanos/PTB). Por fim, Zilmara Brandão e o vice Liés Abibe são os nomes do Partido Liberal (PL).

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino