São Gonçalo ganha Centro de Tradições Nordestinas

Foi inaugurado neste sábado (25) o Centro de Tradições Nordestinas de São Gonçalo, no bairro Neves. A festa de abertura contou com shows de forró pé de serra e da Orquestra Municipal de São Gonçalo, que tocou sucessos de Luiz Gonzaga. O segundo maior município do Estado do Rio, em população e eleitores, conta com cerca de 300 mil residentes nordestinos

"O Centro passa a ser uma opção de lazer não só para os nordestinos, que possuem uma comunidade muito grande em nossa cidade, mas para todos os gonçalenses, que poderão se divertir com tranquilidade em um espaço totalmente revitalizado", declarou o prefeito José Luiz Nanci (Cidadania).
 

Com um total de 22 mil metros quadrados, o local  reúne música, culinária e artesanatos típicos da Região Nordeste do Brasil. O Centro conta com 16 quiosques, além de palco para shows e um anexo com estacionamento próprio, espaço de lazer com a primeira pista de patinação de São Gonçalo, academia de ginástica e playground.

O novo espaço de lazer, bem na entrada do município, também chega para acabar com um antigo problema. Antes das obras, o local era utilizado como um lixão clandestino.

 

"Além de resolvermos esse problema crônico, que perdurava por muitos anos, entregamos um novo espaço de lazer e cultura para a população. É um grande ganho não só para essa região, mas para toda cidade", ressalta Ecidemar Barboza, subsecretário de Usina e responsável pela obra.

A administração do Centro de Tradições Nordestinas será exercida pela Secretaria de Turismo e Cultura, em conjunto com a Fundação de Arte, Esporte e Lazer de São Gonçalo (Faesg).

O Centro funcionará às sextas e sábados, de 12h a 1h, com música a partir das 18h; e aos domingos, de 10 às 22h. A área de lazer, com pista de patinação, playground, quadra e academia, ficará aberta diariamente. O espaço fica localizado na Rua José Augusto Pereira dos Santos, próximo ao Colégio Municipal Ernani Faria e à 73ª DP, em Neves.

Homenagem

Como homenagem a uma grande figura que representa o povo nordestino na cidade, o Centro receberá o nome "Severo, Embaixador Nordestino", em alusão a Severino Pereira dos Santos, que morreu em 2017, aos 65 anos, e foi fundador da Embaixada Nordestina em São Gonçalo, no bairro Laranjal. Severo é natural do sertão de Juazeiro do Norte, no Ceará, e veio para o Rio de Janeiro com 15 anos, chegando a São Gonçalo aos 16.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino