Defensoria apresenta manifestação da família de Marielle e Anderson ao STJ

Defendendo a permanência das investigações na esfera estadual, instituição protocolou petição no procedimento em que a Procuradoria-Geral da República pede a federalização do caso

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ) protocolou petição com a manifestação da família de Marielle Franco e Anderson Gomes, nesta segunda-feira (6), no procedimento em que a Procuradoria-Geral da República pede a federalização da investigação do caso. Em trâmite no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por iniciativa da então procuradora-geral Raquel Dodge, a ação discute se a condução da investigação do assassinato da vereadora e de seu motorista deve passar da esfera estadual para a federal para assim evitar a interferência de organizações criminosas, como as milícias.


Na ação, a Defensoria sustenta a permanência das investigações na esfera estadual em razão da participação da família e do controle externo da apuração do caso já realizado pelo Ministério Público do Rio (MPRJ). Para a Defensoria, nenhuma esfera está totalmente isenta a interferências.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino