Prefeito de Niterói é pivô de troca de ofensas entre Frota e Jordy

Ao elogiar administração niteroiense,

Frota chamou Jordy de 'palhaço' que reagiu: 'imbecil'

                                  Carlos Jordy e Alexandre Frota na Câmara Federal

 

O ano começou quente entre os ex-colegas de PSL e deputados federais Alexandre Frota (PSDB-SP) e Carlos Jordy (PSL-RJ). Os dois trocaram ofensas nas redes sociais por conta de pontos de vista divergentes sobre o prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT), que exerce seu segundo mandato.

 

Na tarde do último domingo, Frota utilizou sua página oficial no Twitter para parabenizar Neves pelo que considerou como um "ótimo trabalho" frente ao Executivo do município da Região Metropolitana do Rio. Na mesma postagem, no entanto, o parlamentar, que após sua eleição, rompeu de vez com o presidente Jair Bolsonaro e seus aliados, aproveitou para alfinetar Jordy, que é niteroiense e pretende concorrer às eleições municipais neste ano.

 

"Parabéns ao prefeito R. Neves de Niterói RJ mostrando como se faz gestão. [...] E pensar que o palhaço do Carlos Jordy queria ser prefeito de Niterói. Prefeito realizando um ótimo trabalho e Jordy sonhando. Parabéns prefeito Neves", postou Alexandre Frota.

 

Ao ler a publicação, foi a vez de Jordy partir para o ataque. O parlamentar, que chegou a ser vice-líder de governo de Bolsonaro na Câmara dos Deputados, em Brasília, chamou Frota de imbecil e classificou a administração de Niterói como "irresponsável e inchada".

 

"Uma das coisas que mais me irrita é imbecis que falam sobre o que desconhecem. As contas de Niterói estão no azul por termos a 2ª maior arrecadação de royalties do estado. Uma administração irresponsável inchada e com mais de 50 secretarias. Os impostos municipais são utilizados basicamente para folha de pagamento. Aí vem o Alexandre Frota e dá essa babada de ovo no petista Rodrigo Neves. Parabéns ao prefeito por seu mais novo aliado", publicou Jordy.

                                                                                                                         CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Royalties – O município de Niterói é o segundo maior do país no que diz respeito à arrecadação de royalties de exploração de petróleo no Brasil, ficando atrás somente de Maricá, também no Leste Fluminense. No ano de 2019, por exemplo, a Cidade Sorriso recebeu cerca de R$ 1,3 bilhão em compensações por explorações no Campo de Lula, na Bacia de Santos.

 

No ano de 2019, a Câmara Municipal de Niterói aprovou uma Mensagem Executiva que instituiu o Fundo de Equalização da Receita (FER), que funciona como uma espécie de poupança de royalties, para necessidades futuras da administração municipal. A prefeitura poupa, por lei, 10% de todas as entradas de royalties da Cidade Sorriso.

 

O Fundo de Equalização da Receita (FER) fechou 2019 com R$ 200 milhões em caixa. (fonte O Fluminense)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino