Transporte alternativo não suporta concorrência e paralisa suas atividades em Maricá

Reclamando de uma possível concorrência desleal com os ônibus vermelhinhos da Prefeitura de Maricá, que não cobram passagem, os motoristas de vans - transporte alternativo - paralisaram suas atividades na tarde desta segunda-feira (25).

 Segundo eles com o aumento da frota de  ônibus (vermelhinhos tarifa zero) da Empresa Pública de Transportes (EPT), o número de passageiros ficou reduzido.

 

Os motoristas reivindicam a regulamentação do transporte alternativo do primeiro e segundo distritos, que fazem as linhas do Centro para os bairros de Ubatiba, Bambuí, Cordeirinho, Ponta Negra, entre outros. Sem a regulamentação eles não podem cobrar as passagens com Bilhete Único e RioCard.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino