Petrópolis: abertura da 7ª Festa da Cultura Afro Brasileira contagiou o público

 A programação da celebração do

Dia da Consciência Negra segue durante todo o dia

"Criar a consciência da raiz do negro. Festas como esta na cidade dão força para a cultura e cresce ainda mais a importância do respeito e igualdade", destacou o garçom Ruben Vinicius dos Santos Rodrigues, que participou da programação de abertura da 7ª Festa da Cultura Afro Brasileira, que aconteceu na noite desta terça-feira (19) na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia). O evento faz parte do calendário oficial de Petrópolis e é uma realização da Coordenadoria da Promoção da Igualdade Racial (COPIR) em parceria com Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR) e apoio do Instituto Municipal de Cultura e Esportes.

 

A abertura do evento contou com a apresentação do grupo de dança Hip Boi, seguido do desfile dos jovens que mostraram a beleza negra no município. "Viemos mostrar a redescoberta da nossa raça, que é a beleza africana, fortalecer a forma que somos. Para os jovens que desfilaram significou a representatividade ganhando força e que podemos ser quem nós quisermos", frisou a produtora do desfile Luciana de Souza Gomes.

 

O show do cantor Gabriel Silva encerrou a programação do dia com muita animação, com as melhores canções brasileiras e internacionais. O público contou com barraquinhas com comidas típicas feitas especialmente pelos integrantes do Movimento Negro Unificado e do Movimento de Mulheres Negras de Petrópolis, além de artesanatos e muita música afro.

 

"A abertura supriu nossas expectativas com as atrações que envolveram bem o público e ainda teremos muitas atividades durante toda a quarta-feira", contou o coordenador da Coordenadora da Promoção da Igualdade Racial, Marco Antônio Cezar. Já a coordenadora do Gabinete da Cidadania, Anna Maria Rattes, disse que ficou muito feliz em participar da festa. "O Copir descobriu a autenticidade da festa. A negritude quer a rua, quer o povo. As atrações foram de uma qualidade e com muita liberdade de expressão, enaltecendo o negro petropolitano com todo o seu valor e sua história", disse.

 

A programação segue nesta quarta-feira (20) com a missa na igreja do Rosário, e a caminhada até a Praça Rui Barbosa, mais conhecida como Praça da Liberdade, que marcam o símbolo da resistência no Dia da Consciência Negra, com a homenagem ao Busto de Zumbi dos Palmares. O público conta também com oficina de turbantes, bonecas e macramé, performance de dança, batalha de rap e capoeira. Finalizando a programação neste 20 de novembro, os shows com Batuque, André Campanha e Grupo Magia.

 

Participaram também da abertura do evento, o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, Marcelo Florencio, e a coordenadora do Centro de Referência de Atendimento a Mulher, Cleo de Marco,

 

Programação:

9h – Missa no Rosário

10h30 – Roda de Capoeira na Praça do Rosário com grupo Raiz Universal

10h30 – Marcha saindo da Praça do Rosário

10h30 – Roda de Capoeira na Praça de Cascatinha grupo Axé Petrópolis

10h30 – Roda de Capoeira na Praça do Itamarati grupo Cordão de Ouro

11h – Chegada da caminhada

11h – Oficinas de turbante, bonecas e macramé na Praça da Águia

11h -  Cultura Urbana

12h – Batalha de Rap, teatro competição e performance

13h – Cultura Urbana

14h – Show Hip Hop com Negro Preto

15h – Homenagem no busto de Zumbi na Praça da Liberdade e capoeira do grupo Abadá

15h30 – Show do Batuque

18h30 – Show André Campanha

21h – Show grupo Magia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino