Dança das cadeiras em Maricá: Delaroli, secretários e vereadores


As canetas dos chefes dos poderes

executivo estadual e municipal estão carregadas

de tinta para fazer algumas alterações

que vão mexer também com o legislativo

Delaroli fiel escudeiro do clã Bolsonaro agora na tropa de choque de Witzel

Na edição desta sexta-feira (01), do Diário Oficial do Estado, o governador Wilson Witzel (PSC), nomeou o ex-deputado federal Marcelo Delaroli (PL) no cargo de subsecretário de Estado de Saneamento Ambiental da Secretaria do Ambiente e Sustentabilidade. Ele entra no lugar de Omar Kirchmeyer de Lima.

Marcelo é da tropa de choque do clã Bolsonaro no Rio de Janeiro, já disputou a prefeitura de Maricá por três vezes, deve transferir seu título eleitoral para Itaboraí, onde pretende disputar a sucessão do prefeito Dr. Sadinoel, filiado ao Partido da Mulher Brasileira (PMB), mas com um pé no PP comandado por Dornelles.

Em Maricá, é tido como certa a saída dos secretários municipais Robson Dutra (Turismo) e Felipe Bittencourt (Esporte). Como são vereadores retornam à Câmara Municipal, que ficará sem os suplentes Bidi e Rony Peterson, ambos do Partido Liberal comandado na cidade por Marcelo Delaroli.

A mexida no secretariado do prefeito Fabiano Horta (PT) não deve ficar apenas nessas duas substituições. Os nomes dos novos secretários de Turismo e Esporte estão sendo guardados a sete chaves. 2020 é logo ali.