UFC: pancadaria e ameaça de morte na Câmara Municipal de Arraial do Cabo

 O nível dos nossos vereadores, deputados e prefeitos está bem abaixo do tolerável. No lugar de discutirem projetos em benefício das comunidades, de fiscalizarem as ações do executivo, de elaborarem projetos de lei, estão partindo para a porrada literalmente,  agressões verbais nas sessões ordinárias e até ameaças de morte.

                                          O tempo esquentou além da conta na Câmara de Vereadores de Arraial do Cabo

 

Na Câmara de Vereadores de Arraial do Cabo durante a sessão desta terça-feira (15), que votava as contas de 2017 do prefeito Renatinho Vianna (PRB), o ex-secretário de Segurança Pública, o PM Márcio Galo chegou às vias de fato com o servidor público André Silvério que acompanhava a votação. Os dois partiram para a porrada com os vereadores no meio da confusão.

 

O assessor do governo cabista, André Silvério, denunciou uma ameaça de morte por parte do ex-secretário de Segurança Pública,  Márcio Galo.

 

Terminada a votação, mesmo reprovadas pelos técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ),  as contas de Vianna foram aprovadas politicamente. Afinal, para que serve o TCE-RJ já que não é a palavra final?

                                                                              Gordo partiu prá dentro do professor Paulo

 

Recentemente na Câmara Municipal de São Gonçalo, o vereador Eduardo Gordo (MDB) agrediu o colega Professor Paulo (PCdoB). Felizmente a turma do deixa disso agiu rápido.

 

Na Assembleia Legislativa (Alerj), os deputados do clã Bolsonaro (PSL), Alexandre Knoploch e Rodrigo Amorim, agrediram verbalmente o prefeito de Mesquita Jorge Miranda (PSDB) e seus assessores. Por pouco a porrada não comeu solta.

 

Como Comissão de Ética é para inglês ver, vamos saborear pizza!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino