Vereadora denuncia manobra com verbas da educação e saúde em Búzios

Segundo a parlamentar cerca de R$ 14 milhões

em créditos suplementares serão usados

para pagamento de folha e contratações

                                                                            Vereadora Gladys Nunes acredita que o prefeito interino está

                                                                            fazendo manobra com dinheiro público (foto divulgação)

 

O prefeito interino de Búzios, Henrique Gomes (DEM) enviou à Câmara Municipal três projetos de lei solicitando autorização para abertura de créditos ao orçamento vigente. Isso em meio à crise institucional que o município vive, até bem pouco tempo com alternação de prefeitos quase toda semana. Esse pedido “não desceu bem na garganta” da maioria dos vereadores. As propostas foram encaminhadas à Comissão de Constituição, Justiça e Redação na sessão da última terça-feira (24).

 

Dois dos projetos (PL 69/2019 e PL 70/2019) solicitam valores de R$ 3.530.819,49 e R$ 7.224.731,76 para atender despesas com folhas de pagamentos. E tem mais: o PL 71/2019, pedindo Crédito Adicional Especial no valor de R$ 3.314.978,57, criando o elemento de despesa para contratação de pessoal por tempo determinado. O detalhe é de onde serão retirados esses recursos: as fontes, basicamente, serão verbas da Educação e do Fundo Municipal de Saúde.

 

Mas há ainda recursos que serão retirados do turismo, dos idosos, dos pescadores, e até dos estagiários da Prefeitura de Búzios. A vereadora Gladys Nunes (PROS) escancarou a informação, deixando o povo presente na assistência da Câmara Municipal estarrecido com uma "possível manobra" com verba carimbada. Até o fechamento dessa reportagem, a Prefeitura de Búzios não havia se pronunciado sobre as denúncias. (Fonte: Plantão dos Lagos / Portal RC24H)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino