Prestes a ser reformado, Theatro D. Pedro recebe visita técnica do Inepac

 O Theatro D. Pedro, importante equipamento cultural e histórico de Petrópolis que começa a ser reformado ainda este ano, recebeu uma vistoria técnica do Inepac – Instituto Estadual do Patrimônio Cultural, nesta sexta-feira (20.09). A empresa que será responsável pelas obras já assinou o contrato com a prefeitura e aguarda a liberação da verba para o início dos trabalhos. Há mais de 15 anos sem passar por uma grande reforma, o serviço vai custar R$ 1.686.000,00, com a maior parte do recurso proveniente de emenda parlamentar

O novo diretor geral do Inepac, Claudio Prado de Mello, acompanhado da chefe do escritório técnico regional do órgão em Petrópolis, Patrícia Carvalho Hugueney, e do diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Marcelo Florencio, conheceu os espaços que serão reformados e elogiou o prédio: “É um lugar muito bonito, um teatro que conseguiu manter suas características originais”, disse Mello.

 

“A obra é uma conquista para toda a cidade. Um patrimônio que ficou sem reforma por 16 anos e que vamos recuperar”, acrescenta o prefeito Bernardo Rossi (MDB).

 

Em julho, a empresa Studio G apresentou o menor preço para as obras de reforma e restauração do teatroe venceu o pregão. O valor teto foi de R$ 1.993.927,68 e a licitação foi concluída com um custo 15% menor do que o previsto. O projeto contempla a revitalização de infraestrutura, como a revisão das instalações elétricas, recuperação do sistema de ar condicionado, adequação para acessibilidade, conserto de infiltrações, entre outras melhorias. Além disso, a obra vai contar com a implantação do sistema de prevenção e combate a incêndio e pânico.

 

“O teatro é um equipamento muito importante para a cultura e a história do nosso município, se tornando, inclusive, um atrativo turístico. O projeto para recuperação do prédio já foi aprovado pelo Inepac, mas esta proximidade com o órgão será fundamental também no processo da obra”, explica Florencio. “Termos o apoio dos órgãos e muitas pessoas olhando e cuidando do teatro é fundamental”, completa a gerente do teatro, Débora Lattouf.

 

            A visita também foi acompanhada pelo arquiteto Luciano Cavalcanti de Albuquerque, da diretoria de patrimônio cultural e natural do Inepac, que lidera ainda um grupo que está criando a “SATHE”, Sociedade de Amigos do Theatro Dom Pedro. “O estatuto já está pronto e sendo enviado ao cartório. Vamos acompanhar de perto as obras. Inclusive estamos sendo produzido um livro sobre a história do teatro, que vai conter informações e fotos desta obra”, destaca.

 

Principais atrativos reformados

 

            Nota A no Mapa do Turismo Nacional, Petrópolis tem o circuito histórico-cultural como o carro chefe do setor. Com 2 milhões de visitantes por ano, a cidade busca preservar seus museus e prédios históricos com obras de reforma e restauração que estão prestes a acontecer, não só no Theatro D. Pedro, como no Palácio de Cristal e no Museu Casa de Santos Dumont. Para completar, esta semana o município recebeu outra boa notícia: o Ministério da Cidadania informou a liberação de R$ 3,4 milhões para a recuperação do Palácio Rio Negro, importante atrativo turístico do Centro Histórico, conhecido por ter abrigado diversos presidentes da República.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino