Feirão Limpa Nome em Petrópolis: UCP confirma participação também negociando débitos de estudantes

20.08.2019

A Universidade Católica de Petrópolis (UCP) confirmou que também fará parte do grupo de empresas e instituições que irão participar da segunda edição do Feirão Limpa Nome. A adesão foi acordada em reunião nesta segunda-feira (19) entre o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá e o pró-reitor administrativo adjunto da universidade, Carlos Henrique Lisboa. Agora, além da equipe de alunos do Núcleo de Prática Jurídicas auxiliando à população nos dias de feirão, a UCP estará negociando dívidas de estudantes pendentes com a instituição de ensino

                                       As negociações do feirão serão feitas na Casa dos Conselhos de Petrópolis

 

O Feirão Limpa Nome está confirmado para a próxima semana: de 26 a 30 de agosto. Nos cinco dias, as negociações com 24 empresas ocorrem das 9h às 16h, na Casa dos Conselhos – Avenida Koeler, 260. As empresas que estarão negociando débitos são os bancos Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Banco do Brasil; as empresas de telefonia, internet e TV à cabo, Oi, Claro, Tim, Vivo, Sky, Net e Tech Cable; as concessionárias Enel e Águas do Imperador; as varejistas Casas Bahia e Ponto Frio; as sapatarias Bico da Bota, Stella Maris e Real Modas; as lojas de vestuário Pirulito e Gisele Jeans; a Ótica Obeslico e a Servir – empresa de cartões de crédito do Grupo Mil.

                                                            CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

“Essa é uma oportunidade de acordar com as empresas credoras. As negociações com as instituições participantes são feitas com a condicionante de oferecerem oportunidades de refinanciamento, parcelamentos e descontos exclusivos”, explica o prefeito Bernardo Rossi (MDB). “Temos como meta superar os acordos da primeira edição e acreditamos que, com a expansão de três para cinco dias e uma hora a mais em cada um deles, teremos ainda mais pessoas satisfeitas com a ação”, destaca Sabrá.

 

Na primeira edição, quase 900 pessoas negociaram um valor superior a R$ 2,5 milhões. A média de acordo girou em 86% de desconto, mas, em alguns casos, os abatimentos chegaram a 99%, como a de um uma consumidora que conseguiu negociar uma dívida de R$ 10.571 para pagamento de uma única parcela de R$ 104,17. Para negociar com as empresas é só comparecer ao Feirão Limpa Nome dentro do horário, retirar uma senha e aguardar ser chamado. É importante levar cobranças antigas e documentos de identificação com foto.

 

Nesta edição, os consumidores vão contar com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para consultar se estão com o nome negativado junto ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e por qual empresa. Essa inclusão atende a uma demanda percebida na primeira edição, onde muitas pessoas sabiam que estavam com o nome negativado, mas desconheciam qual empresa havia colocado o nome no cadastro. Além disso, a OAB estará homologando os acordos junto com os fiscais do Procon e a UCP vai participar com estudantes de direito dando auxílio nas dúvidas dos consumidores, bem como os estudantes de direito da Estácio, que também irão auxiliar no Feirão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino