TJRJ, Senac RJ e Sesc RJ se unem no combate à violência doméstica

11.08.2019

O programa Mãos Empenhadas Contra a Violência, que será lançado nesta segunda-feira, visa criar uma rede de profissionais de beleza que irão apoiar na conscientização e no esclarecimento às vítimas

No mês em que a Lei Maria da Penha completa 13 anos, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, o Senac RJ e o Sesc RJ se unem em parceria, nesta segunda-feira (12), para a realização do programa Mãos Empenhadas contra a Violência. A iniciativa visa criar uma rede de profissionais de beleza para apoiar na conscientização e no esclarecimento às vítimas de violência doméstica. Trata-se de uma ação preventiva ampliar e fortalecer a rede de enfrentamento a esse tipo de violência, dando visibilidade às questões de gênero. O lançamento do programa será às 10h, no auditório da sede do Senac RJ e do Sesc RJ (Rua Marquês de Abrantes 99, Flamengo.

 

No piloto do programa, especialistas da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Coem RJ) irão realizar, a partir do dia 19 de agosto, a capacitação de cerca de 120 instrutores de Beleza das unidades do Senac RJ na Região Metropolitana do Rio de Janeiro para atuarem como multiplicadores junto aos alunos dos cursos da instituição.

                         CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

A intenção é que os futuros profissionais de beleza desenvolvam competências de escuta e apoio nas temáticas relativas à violência de gênero e possam contribuir para o combate à violência, identificando e orientando as clientes com base na Lei Maria da Penha. A estimativa é que, até 2020, sejam impactados cerca de 2000 alunos de Cabeleireiro, Maquiador, Depilação, Manicure e Técnico em Estética da instituição.

 

Além disso, o Sesc RJ irá complementar o curso com palestras, debates, oficinas, esquetes teatrais e curtas sobre temas ligados a feminicídio e violência doméstica.

 

O Mãos Empenhadas contra a Violência foi desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul e será replicado pelo TJ RJ no estado. Para isso, além do Senac RJ, do Sesc RJ e da Coem RJ, também são parceiros o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim RJ) e o Sindicato dos Institutos de Beleza e Cabeleireiros de Senhoras do Rio de Janeiro (Sinbel).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino