Praia de Itaipuaçu terá estrutura de contenção contra ressacas

04.07.2019

                                                                                          (foto Gabriel Reis)

A praia de Itaipuaçu considerada uma das mais bonitas do litoral fluminense, frequentada por banhistas não só de Maricá, mas de outros municípios também,  movimentando a economia da região, finalmente virou um dos focos da prefeitura. A orla vem recebendo asfalto e iluminação e, a preocupação agora é com as ressacas porque a praia é de mar aberto.

 

As obras de urbanização da orla da praia de Itaipuaçu na antiga Avenida Beira Mar, cujo nome oficial é Allan Bueno Guapyassu de Sá, seguem acontecendo. Equipes atuam em vários pontos. A autarquia Serviços de Obras de Maricá (Somar) já concluiu o procedimento inicial para aquisição das estacas-prancha que servirão para prevenir e proteger o trecho urbanizado contra possíveis ressacas.

As estacas-prancha são cortinas de contenção formadas por perfis metálicos que serão cravados a uma profundidade de até 12 metros onde a faixa de areia é pequena. As estacas-prancha formam uma contenção impermeável e serão essenciais para proteger tanto o calçadão quanto a pavimentação das movimentações das marés que podem ocasionar em grandes ressacas.

                                                                                                                                                                                      CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 “Esse material é o mesmo utilizado em obras deste tipo no mundo inteiro. Chegamos a essa solução após o estudo dos impactos das marés que podem provocar ressacas na orla. Todo o trecho onde será colocado o material está mapeado”, afirma o presidente da Somar, pastor Renato Machado.

                                                                                                                                                                                   CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A urbanização da orla compreende uma via principal com cerca de 8 metros de largura, sendo o calçadão com 4,5 metros e uma ciclovia (com 2,30 metros de largura), além de iluminação.

                                                                                                                                                                               CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O material é o mesmo utilizado em terminais portuários. A utilização de estacas prancha oferece vantagens comparadas a outras soluções. O processo é "limpo" já que há escavação de terra e transporte de concreto e, em consequência, sem agredir o meio-ambiente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino