Júri aprova candidatura do Peró para hastear Bandeira Azul

                                                    Thomaz Weber, foi ao Peró conhecer de perto o programa Bandeira Azul (fotos Gustavo Medeiros)

 

O júri nacional do programa Bandeira Azul aprovou, na noite desta terça-feira (02), a candidatura da Praia do Peró, em Cabo Frio, para a renovação do selo de qualidade ambiental para a próxima temporada do verão. A aprovação será submetida ao júri internacional do programa, que se reúne em Copenhague, na Dinamarca, na última semana de setembro. Se houver nova aprovação e se a prefeitura de Cabo Frio concluir as obras da orla do Peró, que começam ainda em julho, a Bandeira Azul voltará a ser hasteada na praia na segunda quinzena de novembro.

 

Para conseguir a aprovação da candidatura, a coordenação local da Bandeira Azul comprovou o cumprimento das exigências da coordenação nacional. As principais são a qualidade da água, medida periodicamente por laboratório oficial, o ordenamento do trecho certificado (500 metros) da praia, que tem 7,2 quilômetros das Conchas ao Pontal, e a acessibilidade. A prefeitura de Cabo Frio já iniciou o processo de licitação para a segunda fase das obras da orla, que incluem a construção de novos quiosques, arborização e saneamento.

                                                                                                                                                                            CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para a temporada 2019/2020, serão submetidas ao júri internacional, além do Peró, outras 12 praias brasileiras e seis marinas. Entusiasta do programa Bandeira Azul, o presidente da Companhia de Turismo do Estado do Rio (Thomaz Weber) comemorou a aprovação da candidatura:

 

-- A aceitação da candidatura da Praia do Peró é uma notícia muito boa. Se der tudo certo, Cabo Frio seguirá demonstrando a importância de ter uma praia certificada com categoria internacional. A repercussão será muito importante, e um diferencial para toda Costa do Sol – disse Weber, que planeja estender a experiência do Peró para Búzios.

A busca pela Bandeira Azul começou há cinco anos por iniciativa do movimento Amigos do Peró, formado por moradores, veranistas e ambientalistas que defendem a preservação da orla. O grupo se reuniu, no Rio, com a coordenadora nacional do programa, Leana Bernardi, que examinou as fotografias aéreas do Peró.

 

A coordenadora escolheu o trecho urbano por se tratar de um local que já possui acessos e serviços que fazem parte das exigências da certificação. O grupo buscou o apoio da Prefeitura de Cabo Frio, através da pasta do Meio Ambiente em três governos, que culminou com o hasteamento da Bandeira Azul em novembro do ano passado.

 

-- Nós estamos super felizes por continuarmos com o programa – disse Marta Rocha, dos Amigos do Peró.

                                                                                                                                                                                    CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Presidente da Federação dos Conventions Bureau do Estado do Rio, Marco Navega disse que a aprovação da candidatura é uma boa notícia não somente para Cabo Frio como também para o turismo fluminense:

 

-- O governo estadual precisa olhar esta certificação com mais carinho e ajudar o município em questões básicas de infraestrutura, como um novo acesso ao Peró, saneamento básico, pavimentação das vias de acesso, exploração turística do Parque da Costa do Sol e sinalização turísticas – defendeu Navega.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino