Obras da orla do Peró podem começar em julho

As obras de revitalização da orla da Praia do Peró, com a construção de novos quiosques, poderão começar na segunda quinzena de julho para que tudo fique pronto em 25 de novembro. Esta é a data prevista para o novo hasteamento da Bandeira Azul no trecho certificado da Praia do Peró. A informação foi dada nesta segunda-feira (24), por representantes da Prefeitura de Cabo Frio que se reuniram com as entidades públicas e privadas envolvidas no projeto Bandeira Azul

A boa notícia foi a decisão da Concessionária Prolagos de executar o novo sistema de esgotamento sanitário dos futuros quiosques e abastecê-los com água tratada (atualmente a água é captada em poços artesianos). A obra também vai beneficiar as residências e hotéis das ruas próximas à praia. As obras de infraestrutura e ordenamento vão propiciar a certificação definitiva da Praia do Peró no Programa Bandeira Azul.

 

Os coordenadores do projeto do Bandeira Azul deram início ao processo de execução e tramitação protocolar para que as obras comecem o mais rápido possível.  Estiveram presentes à reunião, representantes da associação dos Amigos do Peró, da Associação Costa do Peró, da Associação dos quiosques, da Secretaria Municipal de Educação e da Secretaria municipal do Turismo, além da Guarda Marítima e Ambiental.

                                                                                                                                                                                  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a superintendente da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e do Meio Ambiente, Anne Apicelo, autora do projeto urbanístico, a prioridade serão os quiosques.

 

“Precisamos definir como será o processo de demolição e reconstrução dos quiosques, se todos de uma vez ou em partes, já que eles significam a maior modificação – e a mais importante – nessa segunda etapa. É preciso que sejam eliminadas as caixas de gordura e que sejam feitas as adequações à nova rede de esgoto que será providenciada pela Prolagos. Para isso, é preciso que todos os quiosqueiros participem dessa decisão. Os atuais quiosques deixarão de existir como são e passarão a ser mais um cartão postal da Praia do Peró”, afirmou.

Um dos coordenadores do programa Bandeira Azul, Magno Maiques garantiu que a crise econômica não impedirá a execução da obra:

 

“O prefeito Adriano Moreno nos pediu prioridade na certificação definitiva da Praia do Peró no Programa Bandeira Azul. É isso que nós estamos fazendo, de acordo com o que mandam os critérios internacionais e sem deixar nenhuma ‘ponta solta’. Tivemos presentes nesta reunião, representantes de grande parte dos envolvidos, inclusive a de uma representante da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil –, que será um novo parceiro, e de muita valia, nesse processo que estamos desenvolvendo. E novas reuniões serão realizadas, com cada vez mais pessoas, para que a Praia do Peró continue a ser exemplo para o Rio de Janeiro e para o Brasil”, afirmou.

 

Os novos quiosques serão o padrão arquitetônico dos dois já existentes, próximos ao mastro da Bandeira Azul, com adequações. Os proprietários terão que assinar um termo de cessão de uso, com direitos e deveres, que está sendo preparado pela Procuradoria Municipal. Na reunião desta terça-feira, os representantes da comunidade também voltaram a cobra investimentos nos acessos ao Peró e ao vizinho bairro Cajueiro, além de melhor sinalização para a região. Sugeriram também a criação de uma linha telefônica para denúncias de desordem na praia. Os representantes da Guarda Marítima e Ambiental informaram que os pedidos de auxílio aos guardas e fiscais de posturas podem ser feitos através do telefone 153.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino