Radamés chuta o balde, deixa o turismo de Cabo Frio e PSB rompe com o governo

                                  Radamés deixa o turismo de Cabo Frio  (foto Agência GBNEWS/Amanda Barcellos)

 

O empresário Radamés Muniz  não é mais secretário de Turismo de Cabo Frio. Ele entregou o cargo ao prefeito Dr. Adriano Moreno (Rede) porque  não concordou com o enxugamento do órgão, com  a retirada das superintendências de eventos e de indústria e comércio. Radamés  será substituído pelo atual superintendente de Turismo Histórico, professor Paulo Cotias.

 

Na reforma administrativa, a Superintendência de Eventos ficará com a recém criada Secretaria de Gestão Institucional. Já a Superintendência de Indústria e Comércio com a nova Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

                                                                                                              CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 Com Radamés, que é filiado ao PSB, o partido também rompe com o governo. O empresário permanece no posto até o próximo dia 30, a tempo de concluir o inventário hoteleiro que está em andamento, entre outros compromissos, como a participação em duas feiras do setor, que já estavam agendadas. Radamés garante que a saída do governo é ‘amigável’ e que não há frustração por interromper o trabalho.

 

– Nesse momento, achei melhor sair. Perder os eventos e a parte de indústria e comércio não é interessante com a capilaridade que eu consegui, inclusive no estado. Vai ficar uma secretaria muito reduzida. Quero que Cabo Frio viva do turismo e não apenas fale de turismo. Quero que a secretaria vire uma autarquia como acontece em Gramado (RS). Quero ver a cidade crescer e sair desse ciclo de reclamar do turismo. O turismo tem que ter a importância que é dada no discurso político – justificou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Radamés Muniz sai do governo após dois episódios recentes que causaram polêmica. No começo de maio, em áudio vazado de uma conversa no WhatsApp, o secretário reclamou com uma pessoa não identificada de interferência política na pasta e criticou a atuação do prefeito Adriano. Na conversa, ele já havia ameaçado pedir exoneração do cargo. Questionado, Radamés disse que o pedido feito nesta quarta (19) não tem ligação com as reclamações que fez naquela ocasião.

 

Na semana anterior, fotos divulgadas de uma conversa entre Radamés, o vice-prefeito Felipe Monteiro; o então secretário de Educação Cláudio Leitão e o ex-prefeito Marquinho Mendes em uma barbearia-bar no Boulevard Canal já havia causado mal-estar. À época, Radamés negou qualquer tipo de aproximação política com o ex-prefeito e publicou uma foto em que aparecia com Adriano em uma reunião com o ex-governador Francisco Dornelles para tentar mostrar normalidade.

Na verdade, o prefeito Dr. Adriano Moreno, está se articulando de olho nas eleições de outubro de 2020, quando tentará a reeleição. Ele ganhou a eleição suplementar ano passado, com o afastamento do prefeito Marquinho Mendes (MDB), condenado pela justiça eleitoral.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino