Assassinato de Robson Giorno: polícia faz busca e apreensão em Maricá

                                 Jornalista Robson Giorno entregou uma série de denúncias ao Ministério Público

 

A cidade de Maricá acordou nesta segunda-feira (17), com uma equipe da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG). Os policiais realizaram uma operação de busca e apreensão como parte das investigações do assassinato do jornalista e empresário Robson Giorno.

 

A delegada titular Bárbara Lomba não revelou mais detalhes da operação para não atrapalhar as investigações da execução à tiros de Robson Giorno, na noite do dia 25 de maio, na porta de sua casa no bairro do Boqueirão.

Giorno era proprietário de um portal de notícias e do jornal O Maricá (JOM). Como jornalista vinha fazendo sérias denúncias contra políticos e secretários municipais, chegando a entregar documentos ao Ministério Público. Também tinha pretensões políticas, e como presidente do partido Avante, seria candidato a prefeito de Maricá nas eleições de outubro de 2020.

 

Organismos nacionais e internacionais de jornalistas profissionais acompanham as investigações do assassinato de Robson Giorno.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino