UFC Rio: Jéssica Andrade salva os brasileiros na Arena da Barra

Por pouco o público da Arena da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, e os telespectadores do Canal Combate, iriam dormir totalmente frustrados. No UFC Rio, Jéssica Andrade, a Jéssica Bate-Estaca, salvou a pátria e conquistou o título mundial do peso palha. Ainda no card principal, foram derrotados os outros brasileiros, Beth Correia, a Beth Pitbul; Thiago Pitbul; José Aldo e Anderson Silva

 

                                                    Brasileira Jéssica Andrade conquista o mundial do peso palha do UFC         (foto reprodução/tv)

 

Na primeira luta do card principal do UFC 237, Beth Pitbul estava perdendo os três rounds quando levou uma chave de braço e pediu para sair.  Em seguida, Thiago Pitbul, assim como Beth, mostrou que estavas muito manso e perdeu os três rounds. A esperança dos brasileiros por uma vitória, estava nas três lutas seguintes.

 

Subiu no octógono o nosso ex-campeão José Aldo. Perdeu os três rounds numa luta morna, sem emoções, típica de quem está em fim de carreira. Vem o combate seguinte. Entra o campeoníssimo Anderson Silva e logo no primeiro round, a decepção.  Anderson leva um chute  forte no joelho direito. Caiu e não voltou mais. Perdeu por nocaute técnico.

 

O evento está chegando ao final com  a disputa do título do peso palha. A nossa Jéssica Bate-Estaca quer o título, mas sabia que não era favorita. Logo no primeiro round levou um soco e abriu o supercílio esquerdo. No segundo round, com o sangue escorrendo no rosto, estava perdendo a luta quando conseguiu derrubar a campeã que bateu com a cabeça no tablado,  e no belo estilo bate-estaca, deu dois socos e o árbitro encerrou a luta. Jéssica ganhou por nocaute técnico, aliviou a alma dos brasileiros e levantou o título mundial do peso palha.

 

Assim como o futebol brasileiro, o MMA verde-amarelo está carente de novos ídolos.  José Aldo e Anderson Silva já fizeram história. Está na hora da  aposentadoria dos octógonos e tocar a vida em outras atividades. No ringue, fim de linha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino