Turismo de negócios movimenta mais de R$ 500 milhões em Petrópolis

29.04.2019

Dos 2 milhões de turistas chegam por ano em Petrópolis, boa parte – ou melhor – a maior parte desses visitantes são para negócios. Esse tipo de turismo tem aumentado cada vez mais no município e já representa uma movimentação de R$ 533 milhões na economia, com mais de 800 mil visitantes por ano, o que significa cerca de 70% do que representa o turismo no PIB anual da Cidade Imperial. Hotéis e pousadas têm apostado em pacotes e melhorias em seus centros de convenções para atender esse público e, com isso, conseguem ocupar os leitos também de segunda a sexta-feira, quando o turismo de lazer é menos intenso.  Em maio, um congresso sobre cavalos, em Pedro do Rio, vai movimentar mais de R$ 1 milhão, inclusive com a presença de palestrantes internacionais

                                                                                                                                                                                                                                                                                  (fotos Marcos Oddone)

Nota A no Mapa do Turismo Brasileiro - uma classificação do Ministério do Turismo, Petrópolis conta com uma rede hoteleira composta de hotéis e pousadas de várias categorias, hostels e resorts. São 118 meios de hospedagem e 6.355 leitos disponíveis, tanto em área urbana quanto em recantos bucólicos dos distritos, que oferecem ambientes aconchegantes e atendimento personalizado, além de importantes centros de convenções. Recentemente, o Palácio Quitandinha abriu o seu centro de convenções e a cidade passou a receber ainda mais o turismo de negócios. No total, o turismo em Petrópolis representa 6% do PIB anual do município, ou seja, mais de R$ 760 milhões.

 

“Petrópolis é um destino fabuloso porque atrai visitantes para os mais variados tipos de turismo. Aquele que vem a negócios encontra hotéis e ambientes propícios para qualquer evento e ainda tem à disposição uma infinidade de atrativos que podem ser visitados nas folgas”, explica o prefeito Bernardo Rossi (MDB). “Além de ser importante para os hotéis, a economia é aquecida também em diversos outros setores. Do pipoqueiro ao taxista são afetados positivamente por esse público. São 30 mil empregos em toda cidade entre comércio, hotéis e restaurantes que podem ser beneficiados quando o turismo é forte”, completa.

 

Um exemplo de grande movimentação por conta do turismo de negócios é um congresso voltado para veterinários e estudantes que terá como palestrantes alguns dos melhores especialistas do mundo em Diagnósticos de Claudicação e Cirurgia Ortopédica Equina, que acontece entre os dias 16 e 19 de maio. Serão dois dias de palestras seguidos por dois dias de EVE - Extreme Veterinary Experience (Experiência Veterinária Extrema) e ainda um dia de curso teórico e prático de fisioterapia e terapias de reabilitação. O evento, que deverá reunir em Pedro do Rio cerca de 400 pessoas, principalmente de fora da cidade, deverá movimentar hotéis e restaurantes. A expectativa é de movimentar mais de R$ 1 milhão entre inscrições e gastos na cidade com hospedagem, alimentação, transporte, passeios, entre outros serviços.

 

“O evento vai trazer muitos congressistas do Brasil e de outros países, entre audiência e palestrantes. Várias empresas expositoras também estarão presentes, nacionais e estrangeiras. Com certeza vai movimentar as pousadas e restaurantes, pois essas pessoas ficarão quatro dias na cidade. Algumas das pousadas parceiras já se encontram com reservas esgotadas”, destaca a encarregada de marketing do local, Marcia Garcia.

 

Visitantes também aproveitam a cidade

 

Mesmo vindo a negócios, turistas que chegam à cidade para congressos, palestras, entre outros eventos, também aproveitam para conhecer os atrativos e as belezas da Cidade Imperial. Além de visitar os pontos turísticos, restaurantes e comércio, muitos também gastam com transporte, como taxis, e outros serviços, como cabeleireiro, manicure, farmácia, receptivo, entre diversos outros. Para o secretário da Turispetro, Marcelo Valente, este já é considerado o melhor turismo do mundo.

 

“É o setor do turismo que mais movimenta a economia. Hotéis de médio e grande porte possuem a maior parte de sua ocupação focada no turismo de negócios. E o potencial de Petrópolis para essa modalidade é incrível. Além de estarmos a menos de 60 km do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Temos recebido importantes eventos por conta da nossa localização, do nosso clima, nossa infraestrutura, e de tudo que o município oferece para o visitante”, explica Valente.

 

Em julho, outro importante evento deverá movimentar a cidade com mais de mil pessoas. É que Petrópolis foi escolhida para sediar a posse do novo governador do Rotary Clube (distrito 4571), João Trigo, e mais 111 presidentes dos Rotarys do Rio de Janeiro e de São Paulo. As solenidades acontecem num sábado, dia 06 de julho, mas rotaryanos já começam a chegar na cidade a partir da quarta-feira.

 

“Com certeza vai movimentar a economia da cidade. Já estamos tentando organizar passeios para as pessoas que vêm antes”, frisa a presidente do Rotary Petrópolis, Daniella Vita.

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino