Defesa Civil de São Pedro da Aldeia registra 15 ocorrências após ventos de 70 km/h

29.04.2019

                                                                                                  (divulgação/Defesa Civil)

                                

A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia trabalha desde domingo (28) atendendo as ocorrências registradas devido à ventania de 70 km/h que atingiu o município na última noite. Até o momento, o órgão foi acionado para 15 ocorrências, envolvendo quedas de árvores e de um poste de energia elétrica, além de destelhamentos de residências, de um galpão e do Hospital e Maternidade Missão de São Pedro; sem registro de pessoas feridas. A Defesa Civil está em estado de observação e percorre todo o município. A divisão pode ser acionada pelo número de emergência 199 ou no telefone 2621 6054.

 

O diretor da Defesa Civil aldeense, Marcus Dothavio, falou sobre o trabalho. “Nós ficaremos em estado de observação até amanhã para deixar os órgãos municipais, como as Secretarias de Serviços Públicos e de Assistência Social, em regime de sobreaviso para atender a população caso haja necessidade. A previsão de chuva para hoje é de 8mm e ventos com uma velocidade considerável”, comentou. 

 

No Centro da cidade, a Defesa Civil realizou a interdição parcial do Hospital e Maternidade Missão de São Pedro. Cerca de 30% da cobertura total do Hospital foi retirada, por meio de uma atuação em conjunto da Defesa Civil, a equipe de manutenção da maternidade e a Enel. Uma ala, que conta com nove quartos e 18 leitos, foi interditada e os pacientes foram removidos para outras alas da própria unidade.

 

“Foram três horas de trabalho intenso, que incluiu uma avaliação da estrutura metálica da cobertura. O apoio que tivemos da Guarda Municipal, que interditou o trânsito, foi fundamental para a gente fazer o trabalho de remoção do telhado do Hospital”, finalizou Marcus Dothavio.

 

Na manhã desta segunda-feira (29), a Defesa Civil atendeu uma ocorrência na Praia do Sudoeste. A remoção do poste de energia elétrica danificado, que caiu no portão de garagem de uma residência, já é feita. Um novo poste já está no local para colocação. No bairro Campo Redondo, o galpão de uma empresa privada também foi interditado.

 

Na Ponta do Ambrósio também foi registrada ocorrência relacionada a destelhamento de cobertura metálica. A estrutura de uma oficina foi arremessada pelo vento e atingiu uma residência vizinha. Por motivos de segurança, oito pessoas, moradoras de três residências envolvidas na ocorrência, ficarão desalojadas até que seja feita a retirada da cobertura.

 

 

“Essas pessoas têm local para ir, enquanto aguardam a retirada da telha; foi uma medida que a gente tomou para resguardar a segurança dos moradores. Para a remoção do material de cima dessas residências, iremos fazer um trabalho em conjunto com a Enel e o proprietário da oficina”, explicou o diretor da Defesa Civil, Marcus Dothavio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino