Procon Estadual autua mercados e agências bancárias na Região dos Lagos

25.04.2019

Autarquia oferece apoio ao Procon Municipal

de Cabo Frio e atende denúncias

em Araruama e Rio das Ostras

O Procon Estadual realizou na quarta-feira (24) uma ação de fiscalização em Rio das Ostras e Araruama em decorrência de uma denúncia recebida pelo Alô Alerj – o canal de reclamações da Assembleia Legislativa do Rio – e outra a pedido do Ministério Público do Estado (MPRJ). Nesta quinta-feira (25) os fiscais vistoriaram 10 agências bancárias de Cabo Frio, em uma ação de apoio ao Procon Municipal de Cabo Frio.

 

Ontem, no Supermarket de Araruama (Rodovia Amaral Peixoto, 90451), os fiscais descartaram 64kg e 920g de produtos impróprios ao consumo. Havia carnes expostas à venda sem barreira de proteção que prevenisse a contaminação, outras sem especificação quanto à data de manipulação e validade, além de presença de muitas moscas em contato direto com os produtos. Na área interna havia carne previamente moída pelo estabelecimento, o que proibido por Lei Estadual, além de vários problemas na estrutura das câmaras de armazenamento de produtos que prejudicam a higiene.

 Já no Avistão em Rio das Ostras (Alameda Carlos Lacerda, 5143), foram descartados 9kg e 522g de produtos impróprios ao consumo, entre frios e laticínios vencidos e sem identificação de vencimento.

Hoje, em apoio ao Procon Municipal de Cabo Frio, os fiscais vistoriaram 10 bancos, entre agências do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander. Os problemas mais comuns encontrados são: ausência de autenticação eletrônica do próprio boleto de pagamento e a ausência do cartaz que informa que a agência não realiza pagamento de conta de consumo nos caixas internos, apenas nos eletrônicos.

Os fiscais encontraram problemas com fila em duas agências da Caixa Econômica Federal, localizadas na Avenida Joaquim Nogueira, 1305, e Avenida Assunção, 848. Em ambas, havia uma grande fila, antes da porta giratória para retirada de senha, com tempo de espera de dez a vinte minutos, antes mesmo de ingressar nas agências. (fotos divulgação/Procon Estadual)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino