Maricá ganha Ecomuseu no Espraiado

21.03.2019

                                                                                                                                                                                                                                                                                  (fotos Marcos Fabrício)

Na data em que se comemora o Dia Mundial das Florestas, o prefeito Fabiano Horta (PT) descerrou nesta quinta-feira (21) a placa de inauguração do EcoMuseu Bertha Lutz. O espaço fica na Unidade de Conservação do Espraiado, na Rua Thomas Colaço, km 5,4, no Espraiado, em Maricá.

 

O local conta com diversos aquários que mostram as 16 das 38 espécies de peixes existentes nas lagoas da cidade como Tilápia, Lambari, Traíra, entre outras. O visitante que for ao local vai encontrar ainda uma exposição de fotografias que exibe oito das mais variadas espécies típicas da fauna e flora da Mata Atlântica encontradas em Maricá. O espaço tem por objetivo a interdisciplinaridade baseada na ecologia, com a participação da comunidade e voluntários, através da interpretação de imagens do meio ambiental.

No seu discurso de abertura da unidade, Fabiano Horta manifestou seu desejo de que o local seja usufruído por todos os cidadãos, mas, principalmente, por todas as crianças da rede municipal.

 

“Eu quero que a nossa meninada da rede da educação tenha aqui na dimensão da integralidade do estudo a presença recorrente e permanente. Primeiro, conhecendo os saberes que aqui estão colocados como um todo, e depois, nas bikes que temos aqui, conhecendo o Espraiado e as riquezas locais”, disse mencionando o projeto Ecobike, no qual dez bicicletas ficam disponíveis para empréstimo das 8h às 17h e são retiradas após cadastro prévio na Unidade de Conservação. “Maricá tem o compromisso de construir uma cidade que olhe para o meio ambiente na dimensão do cuidado, da sustentação, da preservação, e acima de tudo, da contemplação. Nós somos parte disso e aqui consolida um grande marco divisório do saber do ecossistema de Maricá”, concluiu.

No interior da unidade, o secretário da Cidade Sustentável, o vereador licenciado Hélter Ferreira (PT) mostrou a alegria de ver concluído um projeto construído há cerca de um ano. “Entregar um espaço como esse é satisfatório e alimenta cada vez mais a trabalhar e a alcançar algo que traga benefícios para cidade como um todo”, declarou o secretário encantado com o resultado final. “Se os adultos já se encantam, imaginem as crianças!”, completou.

Responsável pela manutenção dos aquários, o biólogo Anderson Sales observou o potencial que a cidade possui para o desenvolvimento de grandes projetos voltados para a sustentabilidade e ecossistema. “Maricá tem um potencial enorme para a aquicultura familiar, aquicultura de corte, aquicultura ornamental, tem água em abundância, temperatura adequada e solo fértil. Ou seja, tem tudo que precisa para ser feito um grande projeto nessa área”, apontou o especialista contente em estar integrado no projeto. “Isso aqui foi um sonho realizado. É um projeto que já estava há muito tempo para ser implementado e com muita luta conseguimos”, finalizou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino