Senador Arolde de Oliveira assume Comissão Provisória do PSD-RJ

 

Com a renúncia de Índio da Costa  da  presidência regional do PSD e desfiliação do partido, o nome do senador Arolde de Oliveira surge como o mais forte para comandar a agremiação no Rio de Janeiro. Arolde de Oliveira (foto) assumirá uma comissão provisória até a eleição do diretório estadual do PSD, marcada para junho. O anúncio será feito brevemente pelo presidente nacional da legenda, Gilberto Kassab.

 

 

Índio da Costa entrou em queda de braço com o deputado federal Hugo Leal que levou o deputado federal Wladimir Garotinho para o PSD. Índio era contrário a chegada do filho do casal Anthony-Rosinha Garotinho.  Nos governos de Garotinho e Rosinha, Hugo foi secretário de estado e presidente do Detran, respectivamente. Ele também está de olho na presidência do partido no Rio de Janeiro.

 

Wladimir Garotinho, pré-candidato a prefeito de Campos em 2020, não engoliu a justificativa de Índio para deixar o PSD.

 

"Acho estranho uma pessoa delatada por recebimento de US$ 2,5 milhões em propina, para blindar alguém numa CPI, dizer que quer estar conectado às ruas. Além do mais, ele buscou apoio da família Garotinho nas eleições de 2016 e 2018. Acho que ele queria uma desculpa pra sair. De todo modo, lhe desejo sorte", disparou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino