Rede hoteleira de Niterói comemora boa taxa de ocupação

Com uma variada programação carnavalesca nas ruas , nos  bairros, o desfile oficial das escolas de samba na Passarela da Rua da Conceição, totalizando 85 blocos, 32 escolas e 34 bairros, além de seus patrimônios históricos e naturais, Niterói atrai cada vez mais turistas e visitantes neste período. A perspectiva é de que 750 mil pessoas, entre foliões, visitantes e turistas, participem da folia na cidade.

Já no clima carnavalesco,  a rede hoteleira de Niterói comemora a boa procura dos hóspedes, com  as pousadas na Região Oceânica chegando a 100% de ocupação e os principais hotéis já ultrapassando a 80% de reservas. 

 

Hotéis como o H Niterói e o Quality Niterói, ambos na Zona Sul, estão  otimistas com as  taxas de ocupação que já chegam a 80% neste período carnavalesco com perspectiva de aumentar esse percentual já que hoje ainda é quinta-feira.

                                                                                                                                                                                 CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas hóspedes do Brasil inteiro estão procurando Niterói como destino para curtir os dias de folia. Prova disso são os mineiros que, como cariocas vão lotar as Pousadas Pedras Brancas e Dunas de Itaipu, ambas em Itaipu, já com 100% de ocupação, tendo que lançar mão de todos os seus recursos, como camas extras e outros serviços para atender essa demanda neste momento.

 

E quem for para a Região Oceânica poderá curtir além dos vários carnavais em alguns pontos daquela área, procura principalmente as inúmeras belezas naturais da cidade, como as praias de Região Oceânica, Itacoatiara, Piratininga, Itaipu, Camboinhas e Sossego. Opção é que não faltam, se pode curtir a natureza exuberante ou cair na folia da cidade, é só escolher.

O presidente da Neltur, Luiz Fernandes Braga, destaca, que além das belezas naturais com suas belas  praias e patrimônios históricos, o carnaval de Niterói, diferenciado, autêntico, samba no pé, cada vez mais atrai turistas e visitantes para a cidade. Na Região Oceânica e bairros afins, o carnaval de bairros, autenticamente familiar, tem sido um grande apelo turístico, que se soma as nossas parasidíacas praias.

 

Para Fernandes, o carnaval como atrativo turístico, faz girar a economia da cidade, movimentando os polos gastronômicos, moda, hoteleiro e o cervejeiro.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino