Prefeitura muda local de concentração do Perócão

Pela primeira vez, a irreverência do bloco carnavalesco Perócão ficará mais distante da Praia do Peró, que conquistou em novembro a Bandeira Azul. Por determinação da Secretaria Municipal de Cultura, a concentração do bloco (com desfile no domingo às 18h) no Carnaval ficará restrita à Praça do Moinho, principal área de lazer do Peró. O Perócão faz seus ensaios e eventos durante o ano no Rio e há 15 anos concentra na Praia do Peró, em frente ao Hotel Âncora

Com a mudança, o bloco, que costuma atrair mais de cinco mil foliões, vai se concentrar no sábado, no domingo e na segunda-feira de Carnaval na Praça do Moinho, no local da antiga área de patinação. No domingo, a partir das 18 horas, o Perócão desfila pelo Centro do Peró com o enredo “Peroqueiro eu sou, com orgulho meu amor”. Os abadás do bloco já estão à venda no comércio local e na sede do Perócão, na Rua Vereador Adalton Andrade, ao lado da Praça do Moinho.

 

Presidente do Perócão, Eduardo Filho disse que, depois de conseguir o nada a opor da coordenação do projeto Bandeira Azul, solicitou autorização para fazer o desfile de 2019 ao longo da orla do Peró, junto aos quiosques, com concentração no antigo local, onde hoje está a Bandeira Azul, ou no palco que já está montado ao lado do posto dos guarda-vidas:

 

-- A nossa solicitação não foi atendida. Alegaram motivos de segurança para os foliões e prometeram fornecer uma boa estrutura, com tenda e banheiros químicos. Vamos respeitar a decisão e contar com a compreensão dos comerciantes da Praça do Moinho – disse Eduardo Filho.

 

Presidente da Associação da Costa do Peró (ACP), Corine Muller disse que a entidade e a comunidade não foram consultadas sobre a mudança, especialmente nos aspectos da segurança, da mobilidade e dos serviços que serão oferecidos aos turistas e foliões:

 

-- É preciso muita cautela porque no Carnaval o Peró lota, a praça enche naturalmente e os serviços de segurança e de socorro urgente têm dificuldade de se movimentar porque as ruas ficam totalmente bloqueadas. Acreditamos que os responsáveis pela mudança tenham analisado estes aspectos – comentou a presidente da ACP.

 

O corretor de imóveis Jorge Murilo de Oliveira, dos Amigos do Peró, teme que aconteça com o Perócão o mesmo que aconteceu com o bloco “Só te Pegando”, que era formado por moradores da Barra da Tijuca que escolheram o Peró para se divertir no Carnaval com tranquilidade:

 

-- O “Só te Pegando”, que não gerava custo nenhum para a Prefeitura, deixou de se apresentar no Peró por falta de apoio da Prefeitura, que lhe negou uma tenda para proteger o som e guardas municipais. A Praça do Moinho precisa de segurança e banheiros químicos no Carnaval – apelou.

 

A Prefeitura de Cabo Frio, através de nota, informou que o Carnaval deste ano está voltado principalmente para a segurança da população e dos turistas. "Por conta disso, alguns locais de concentrações de blocos foram mudados por motivos de segurança e para evitar transtornos. Garantiu que haverá tendas e que a Guarda Municipal estará presente para manter a ordem na Praça do Moinho e que a estrutura oferecida pela Prefeitura ficará no local durante todo o Carnaval."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino