Mudanças na Câmara de Maricá e visita de candidato derrotado em Niterói

O segundo suplente de vereador Jocemar dos Santos Simplício (Solidariedade) tomou posse na sessão ordinária desta segunda-feira (05) na Câmara Municipal de Maricá, que recebeu a visita do presidente da Câmara de Niterói derrotado nas urnas em 28 de outubro.

                                                                                                                                                                                       CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cemar de Itaipuaçu, como é conhecido o novo vereador, substituiu o primeiro suplente Adelso Pereira (SD), que retornou ao cargo de secretário municipal de Conservação, que por sua vez, tinha ocupado a vaga do titular Frank Costa, que teve seu mandato cassado pela Justiça Eleitoral.

 

“Abro minha fala dizendo que labutei muito para chegar até aqui, mas as circunstâncias que me fizeram chegar não me deixam gozar de um momento pleno de alegria. Minha felicidade é minimizada por saber que ocupo a cadeira de um grande amigo que, por força das conjunturas, foi afastado. Falo do companheiro Frank Costa, a quem quero deixar meu abraço e todo meu carinho”.

 

Cemar de Itaipuaçu (foto) obteve 643 votos na eleição de 2016. Adelso Pereira conquistou 1.468 e o titular Frank Costa recebeu 1.825 votos.

 

No início de 2019, nova alteração no quadro dos 17 vereadores de Maricá. O suplente democrata Alberto da Maricaense, que obteve 1.079 votos assumirá a vaga de Fillipe Poubel (PSL), que foi eleito deputado estadual no último dia 28 de Outubro. Em 2016, Poubel se elegeu vereador com 1.156 votos e, agora, para ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa chega com a força de 27.832 votos e é forte candidato a Prefeito de Maricá em 2020.

 

Um outro vereador maricaense também pode ter o mandato cassado por ter sua prestação de contas da eleição de 2016 rejeitada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). Está aguardando o julgamento do recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Niterói, Paulo Bagueira (SD) participou da sessão de hoje em Maricá. Apesar de contar com o apoio do prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), e de ter a máquina da Câmara da cidade, Bagueira não se elegeu deputado estadual. Obteve 24.426 votos, sendo 14.876 em Niterói. Na eleição para vereador em 2016, Paulo Bagueira, que tem sua administração bastante criticada pelos vereadores niteroienses, teve 4.675 votos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino