Cabo Frio e Búzios reclamam da Enel

A paciência acabou. Moradores e entidades de Cabo Frio e de Búzios estão recorrendo à justiça e à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) contra a Enel, a empresa que distribui energia elétrica na maior parte do interior do Rio. O motivo são os constantes cortes de energia, a falta de manutenção das redes e a demora na solução dos cortes. Na semana passada, moradores e comerciantes do Peró, em Cabo Frio, ficaram 16 horas sem energia elétrica

Em Búzios, a Associação Comercial e Empresarial (ACEB) impetrou ação coletiva contra a Enel. Na ação, os comerciantes elencam uma série de prejuízos que vêm tendo devido aos frequentes cortes de energia. Além do ressarcimento dos prejuízos, a ação reclama uma indenização no valor de R$ 1 milhão que será destinada ao Fundo de Defesa do Consumidor.

 

-- Se a situação está ruim agora, imagine no verão, quando aumenta substancialmente o consumo de energia – alertou o presidente da ACEB, Thomaz Weber.

 

Em Cabo Frio, moradores do Peró, através de um parlamentar da Alerj, fizeram uma reclamação formal à Aneel sobre os serviços da Enel no bairro. Os cortes de energia são frequentes, sendo que muitas vezes a interrupção demora horas, causando prejuízos a moradores, comerciantes e quiosqueiros da orla do Peró. Falta também manutenção dos postes de energia, muitos necessitando de substituição urgente, como mostrou Elias Fernandes, do Espaço Comunidade, na Praça do Moinho.

 

-- Estamos pedindo providência, em vão, Enel para substituir alguns postes – lamentou Elias Fernandes, do Espaço Comunidade.

 

A Enel, através da sua assessoria de imprensa, informou que vai mandar uma equipe ao local para verificar as reclamações dos usuários.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino