Polêmica com a decisão de dar título a Flavio Bolsonaro em Cabo Frio

24.09.2018

O PSOL e o Grupo Iguais são contrários a iniciativa do vereador Vagner Azevedo Simão, o Vaguinho (PPS) de conceder o título de cidadão cabofriense ao deputado estadual e candidato ao senado Flávio Bolsonaro (PSL) . O projeto não foi votado na sessão de quinta-feira (20) e, agora, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) tem prazo de 15 dias para dar o parecer

O PSOL e o Grupo Iguais , que atua em favor das causas LGBT, entraram  com representações contra o vereador no Ministério Público Eleitoral sob a acusação de favorecimento eleitoral ao deputado, que é filho do candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL).

 

Por sua vez, o vereador afirma não ver favorecimento eleitoral na homenagem ao deputado estadual, com quem alega ter afinidades políticas.

 

– Quero saber qual o problema eleitoral, se o título será entregue depois das eleições (em novembro). Se alguém está dando mídia é quem faz essas manifestações. Eu nem me pronunciei na tribuna. Ele (Flávio) já esteve algumas vezes em Cabo Frio. O Regimento Interno pervê  que personalidades nacionais e internacionais de relevância podem receber o título. Cabo Frio merece alguém como Flávio com o título – justificou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino