Orla de Charitas terá reforço de segurança

A segurança pública e a fiscalização de posturas serão intensificadas, a partir de novembro, na orla de Charitas. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Ordem Pública, coronel Gilson Chagas, durante reunião, na noite de terça-feira (18), com moradores do bairro. Durante o encontro, o secretário apresentou as propostas do programa Pacto pela Paz, que envolve vários segmentos da sociedade em discussões e ações sobre políticas de segurança pública

                                Vereador Leandro Portugal (entre os oficiais da PM) representou Charitas e São Francisco na reunião

 

O capitão-PM Fabiano, também presente na reunião, informou aos moradores que o prefeito Rodrigo Neves (PDT) autorizou estudos para que o programa Niterói Presente, que já chegou ao Centro, Icaraí, Santa Rosa e Fonseca, seja levado a São Francisco e Charitas. O oficial disse que existe a possibilidade de o reforço na segurança chegue ao princípio de 2019, mas para isso há necessidade de reforço do efetivo. A previsão é que sejam empregados dois carros no patrulhamento da orla e seis motocicletas para o policiamento nas ruas internas dos dois bairros.

 

-- Charitas e São Francisco precisam de um impacto positivo na sensação de segurança. O policiamento melhorou graças à nova estratégia empregada pela PM e pelo apoio que o município vem dando à segurança pública – disse o vereador Leandro Portugal (PV), que representa os dois bairros na Câmara Municipal e acompanhou a reunião.

 

Os moradores reconheceram as melhorias no policiamento ostensivo, inclusive com o emprego de PMs fazendo patrulhamento a pé no pólo gastronômico de São Francisco, mas lembraram que a alta temporada do verão se aproxima. Lembraram que a orla recebe um fluxo enorme de banhistas, esportistas e clientes de restaurantes na alta temporada do verão e que no último verão o policiamento feito pela Guarda Municipal e pela PM não foi eficaz.

 

O coronel Chagas garantiu que o quadro vai mudar. Disse que o efetivo da Guarda Municipal aumentou de 280 para 570 agentes e que este número chegará a mil (limite constitucional) no último ano de gestão do prefeito Rodrigo Neves. Ele também lembrou a ajuda que o município está dando à PM, através do pagamento aos PMs que fazem trabalho extra e compra de viaturas.

 

De volta ao comando da 4ª Companhia do 12º BPM, o capitão Maurício disse que estão sendo feitas operações pontuais em Charitas e em São Francisco. À noite, o patrulhamento é feito em comboios nas proximidades das comunidades onde há tráfico de drogas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino