Liberdade de Sérgio Cabral fica cada vez mais distante


Sérgio Cabral ainda filiado ao MDB continua acumulando condenações

O ex-governador Sérgio Cabral Filho (MDB) foi condenado nesta quarta-feira (12) em mais um processo na Justiça Federal do Rio de Janeiro. Agora são sete condenações (seis no Rio e uma em Curitiba) por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, somando 183 anos e 6 meses de prisão.

Pelo andar da carruagem, Sérgio Cabral que ainda tem mais alguns processos em andamento, vai acabar ultrapassando os anos de condenação do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira Mar, que está em presídio de segurança máxima. As penas do traficante somam 320 anos.

Também tiveram suas penas aumentadas os ex-secretários de Cabral, Hudson Braga (Obras) e Wilson Carlos (Governo). Cabral está no complexo penitenciário de Bangu e seus ex-auxiliares em Benfica.