Comissão discutirá reorganização das urgências e emergências de Petrópolis

12.09.2018

A reorganização das portas de entrada de urgência e emergência em Petrópolis serão discutidas em uma Comissão Especial, que vai ser criada no âmbito do Conselho Municipal de Saúde (COMSAÚDE). A implantação do grupo foi aprovada pelo plenário do Conselho e publicada no Diário Oficial do município na edição desta terça-feira (11). Na próxima reunião, marcada para o  dia 25, serão definidos os integrantes da Comissão

 

                                                                                                                                       fotos PMP

“Queremos colocar em discussão medidas que possam ajudar a reorganizar as portas de entrada de urgência e emergência. Será uma comissão especial que vai debater a qualidade no atendimento e a estrutura física das unidades, analisando, avaliando e propondo ações neste sentido. As conclusões das reuniões serão levadas para apreciação do Conselho”, explicou o presidente do COMSAÚDE, Rogério Lima.

 

Serão membros convidados da Comissão Especial conselheiros, representantes da Secretaria de Saúde, do Ministério Público Estadual (MPRJ) e Federal (MPF), Defensoria Pública,Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj), especialistas e outros órgãos e entidades ligadas ou não à área de saúde. Farão parte da Comissão como membros titulares quatro representantes da Secretaria de Saúde e quatro da sociedade civil.

 

“A comissão vai funcionar pelo prazo de um ano, a contar da data de sua efetivação. Queremos, já na próxima reunião do Conselho, definir os membros e colocá-la em funcionamento o quanto antes”, completa o Rogério, que, conforme previsto na Resolução, será membro titular da Comissão, assim como o secretário de Saúde, Silmar Fortes. O presidente do COMSAÚDE também será presidente da Comissão.

 

 

Petrópolis conta, atualmente, com sete portas de entrada de urgência e emergência: UPAs do Centro e de Cascatinha; Hospital Alcides Carneiro (HAC) Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp (HMNSE); Pronto Socorro Leônidas Sampaio, no Alto da Serra; e os postos de Pedro do Rio e Posse. Há, ainda, o Hospital Santa Teresa, que recebe os pacientes com traumas socorridos pelo SAMU ou pelo Corpo de Bombeiros.

 

“Temos prevista, também, a implantação do Serviço de Urgência e Emergência em Itaipava, que vai atender aos moradores dos distritos. Este será mais um instrumento na ampliação do atendimento à população. Vamos apoiar no que for necessário para o bom andamento da Comissão”, destacou o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino