Auditoria encontra irregularidades em secretarias de Cabo Frio

31.08.2018

A Comissão de Auditória, criada pela nova gestão de Cabo Frio, no primeiro dia de Governo, divulgou que até o momento encontrou indícios de irregularidades em quatro processos de três secretarias diferentes, sendo elas: Educação, Saúde e Esportes

                                                                 Sede do governo de Cabo Frio

 

Na Educação, as irregularidades são nas obras de construção da Escola Padrão Patrícia Azevedo, no Jardim Esperança, e da Escola Municipal de Ensino Fundamental Alfredo Castro; na Saúde, o processo 44.122/2017, que se refere à locação de ambulâncias e, no Esporte, indícios de danos ao patrimônio público no Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto.

 

Depois da identificação do responsável e quantificação do dano causado ao município, as tomadas de contas serão enviadas ao Tribunal de Contas do Estado e ao Ministério Público. O prazo final é de 120 dias, a partir da publicação das tomadas – o que termina no final de dezembro. Os responsáveis pelos mesmos têm ao longo de todo processo, o direito ao contraditório e à ampla defesa, quando poderão apresentar documentos pertinentes ao caso.

 

“Estamos apenas começando: montamos internamente uma estrutura administrativa altamente qualificada, para fazer essa auditoria, que não é simples. Desde que assumimos pedimos aos secretários que encaminhassem os fatos mais graves encontrados para que pudéssemos apurar. Mas tudo com responsabilidade, ética e dentro dos trâmites da lei”, explicou o controlador geral do município, Alberto Corrêa e Castro Neto.

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino