Indicadores da Segurança Pública de Niterói melhoram depois da implantação do RAS

24.08.2018

Projeto desativado em 2016 durante a crise do Estado,

voltou graças a Lei criada por Christino na Casa Civil

 

                                                                                                                         fotos Robson Oliveira

A Segurança Pública é um dos principais gargalos de Niterói. Nas ruas a sociedade se espanta com os números da violência na cidade. Porém, os últimos dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP) já mostram uma queda em alguns dos principais indicadores de violência, que pode estar diretamente ligada ao aumento do policiamento na cidade. 

 

Esse reforço só foi possível graças ao retorno do pagamento do Regime Adicional de Serviço, o RAS,  que estava desativado desde 2016 por causa da pior crise financeira que afetou ao estado nos últimos 100 anos. Mas com a implantação do  Fundo Estadual de Investimento e Ações de Segurança Pública (Fised), criado por Christino Áureo (PP)  à frente da secretaria de Estado da Casa Civil, o programa foi reativado. Para o deputado Christino,  o Fised é uma garantia de investimentos em segurança pública mesmo em tempos de crise.

 

"Quando criamos o Fundo, tínhamos exatamente o objetivo de destinar recursos para uma área tão importante para a nossa sociedade. Pastas como educação e saúde possuem verbas garantidas pela Constituição, mas a segurança não possuía nenhuma legislação que destinasse recursos obrigatórios. Com a Lei * Nº 3478/2017*, estamos garantindo investimentos para esta área. Parte da receita de royalties de petróleo do pré-sal será destinada ao Fundo e a expectativa é de que os recursos adicionais cheguem a mais de R$ 200 milhões este ano"  disse o deputado.

 

Hoje, Niterói conta com mais  policiais, contribuindo para garantir a segurança da população.  A lei do executivo estadual, estabelece que o Fundo receba receitas dos Royalties do petróleo. Só no primeiro trimestre de 2018 já foram depositados R$ 90 milhões ao Fised, que estão sendo utilizados na melhoria da estrutura das policiais, mas também em ações de desenvolvimento social.

 

Roubo de Veículos cai 20% após aporte de recursos dos royalties na segurança

 

O roubo de veículos passou a ser um problema sério em Niterói. Só em 2017 foram roubados 2.431 veículos na cidade. Um aumento de mais de 41% se comparado aos registros em 2016, 1.720 roubos. Mas estes números começaram a cair. Entre abril e maio de 2018 foram roubados 420 veículos em Niterói. Já em junho e julho do mesmo ano este número caiu para 342 casos. Quase 20% de redução.

 

Indicadores do Roubo de Rua caem 20%


Outro indicativo que demonstrou queda nos últimos números divulgados pelo ISP é o Indicativo estratégico de roubo de rua. Entre os meses de abril e maio de 2018 foram registrados 1.071 casos de roubo de rua em Niterói. Já em junho e julho do mesmo ano, já com a presença dos policiais do RAS nas ruas, foram 856 roubos. Uma queda de mais de 20% nos registros.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino