Quaquá reafirma que é candidato a deputado e Rodrigo Maia visita local de merda

foto Agência GBNEWS

O presidente regional do PT e ex-prefeito de Maricá, Washington Quaquá desmente que esteja fora da disputa de uma cadeira da Câmara Federal nas eleições de 07 de outubro.

"O Extra publicou nesta segunda-feira (20) uma mentira! O Extra que é das Organizações Globo, é contra o Lula, contra o PT, contra todos nós. O Extra publicou que eu estou inelegível, é mentira! O que houve foi um pedido de impugnação da minha candidatura feita pelo PR e que está sendo julgado pelo TRE. Eu não tenho nenhuma condenação que implique na minha inelegibilidade em segunda instância. Nós vamos nos defender no TRE, no TSE", afirmou Quaquá na rede social.

O pedido de impugnação também foi feito pelo Podemos, partido do senador Romário Faria, candidato ao governo do estado.

Maia em Maricá

fotos WhatsApp

O presidente da Câmara Federal, deputado democrata Rodrigo Maia, esteve na noite desta segunda-feira (20) em Itaipuaçu, Maricá, para mais um encontro visando as eleições de outubro. Políticos, empresários e correligionários se reuniram na casa do ex-presidente do Botafogo, Antonio Rodrigues, local onde Maia frequenta desde garoto.

Maricá é o local considerado como merda pelo candidato de Rodrigo Maia ao governo do estado, o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, que teve uma conversa telefônica com o ex-presidente Lula (PT), grampeada pela Operação Lava Jato com autorização do juiz Sergio Moro. A gravação vazou na imprensa e repercutiu em todo o país.

Recentemente Paes esteve na casa de Antonio Rodrigues, chegou e saiu sem qualquer divulgação para evitar problemas com os moradores da cidade.

O DEM em Maricá é presidido pelo vereador Ismael Breve, que integra a bancada de sustentação do prefeito Fabiano Horta (PT) na Câmara Municipal.