Condenado deputado federal do MDB/RJ tenta a reeleição

Segundo a colunista do Extra, Berenice Seara, o ex-prefeito de Três Rios, Celso Jacob, deputado federal que cumpriu parte do seu mandato na cadeia — foi condenado a sete anos de prisão, em regime semiaberto, por falsificação de documento público e dispensa ilegal de licitação — fez muita pressão para manter a legenda do MDB e tentar a... reeleição!

E o curioso é que teve cacique da nova geração do partido achando que ele poderia pleitear a vaga de candidato, sim.

Afinal, se o ex-presidente Lula (PT) pode, por que ele não?

Dois gritos

Coube ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), baixar uma ordem unida na coligação.

Se Jacob fosse registrado candidato, mesmo que acabasse impugnado, teria que levar, como aspira à reeleição, R$ 1,5 milhão do fundo eleitoral.

Uma péssima língua jura que ouviu um comentário de Eduardo Paes (DEM), ao saber da confusão: “O MDB não tem jeito...”

Por fim

Manda quem pode e Jacob não está na lista de candidatos divulgada pela Justiça Eleitoral.