Audiências vão debater saúde privada e royalties em Niterói


Pelo menos duas audiências públicas já estão confirmadas para o mês de julho na Câmara de Vereadores. No dia 27, às 18 horas, o tema em discussão será a mensagem-executiva 02/2018, que trata sobre a alocação de recursos recebidos por conta da exploração de petróleo e gás natural. A audiência vai focar, ainda, a criação do Fundo Municipal de Equalização da Receita (FER). Para a audiência foram convidados o procurador-geral do município, Carlos Raposo; o secretário municipal de Fazenda, Pablo Villarim; a secretária de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle, Giovanna Victer; e da Indústria Naval, Luiz Paulino Moreira Leite. O presidente da Comissão de Petróleo e Gás da Ordem dos Advogados do Brasil, Luiz Meato, também foi convidado. O encontro, aberto à população e a segmentos da sociedade civil interessados no tema, será no Plenário Brígido Tinoco.

Já em 30 de julho, uma nova audiência vai debater as questões ligadas a rede privada de saúde de Niterói. Também marcada para às 18 horas, pretende ouvir a secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos; os secretários Carlos Raposo e Pablo Villarim; e o promotor de Tutela Coletiva do Ministério Público, Reinaldo Lomba. As duas audiências foram solicitadas pelo vereador Bruno Lessa (PSDB).