Tudo pronto para o Festival Internacional da Utopia em Maricá

16.07.2018

Após o sucesso da primeira edição, realizada em 2016, a Prefeitura de Maricá vai realizar a 2ª edição do Festival Internacional da Utopia entre os dias 19 e 22 de julho. Artistas consagrados da música popular brasileira, como Maria Rita, Martinho da Vila, Emicida, Marcelo Jeneci, Negra Li, Ponto de Equilíbrio, Bicho de Pé e BNegão são as atrações do festival que ainda terá diversas mesas de debates, apresentações de dança, teatro, feira literária e de produtos e muitas outras manifestações artísticas e culturais

                              Maria Rita será a grande atração da noite de sexta-feira (20)

Os shows serão divididos em dois palcos, no Centro, na Praça Orlando de Barros Pimentel, a partir das 22h. Na quinta-feira (19), a festa fica por conta de um dos mais importantes sambistas do país, Martinho da Vila; na sexta-feira (20), é a vez da filha da Elis Regina, Maria Rita, apresentar seu repertório; já no sábado (21), subirá ao palco o cantor e compositor brasileiro Marcelo Jeneci, que em 2014, recebeu uma indicação para o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, por “De Graça”. E, no domingo (22), às 20h, será a apresentação do sambista Claudinho Guimarães e, em seguida, o rapper, cantor e compositor Emicida mostrará ao público de Maricá porque é considerado uma das maiores revelações do hip hop do Brasil da década de 2000.

 

Já no segundo palco, no Acampamento da Juventude, localizado em São José do Imbassaí (em uma antiga fábrica de vidro), os shows serão realizados a partir de meia-noite. Na quinta-feira (19), será a vez de uma das principais referências do reggae no Brasil, a banda Ponto de Equilíbrio.  Já na sexta-feira (20), a festa fica por conta do grupo Bicho de Pé, que apresentará música regional brasileira, com ênfase nos ritmos dançantes do norte e nordeste, como xote, baião, samba, forró, xaxado, maracatu, carimbó e arrastapé. No sábado (21), a cantora, compositora, rapper Negra Li (foto) promete agitar o público, e no domingo (22/07), o cantor de rap e hip hop BNegão fará o encerramento da festa.

 

Durante os quatro dias de evento, haverá atividades na Tenda do Pensadores Darcy Ribeiro, no Esporte Clube Maricá, no Centro, com diversos temas em debate, entre eles, a conjuntura internacional e a crise do capitalismo e os dilemas para a construção de um Brasil e um Rio de Janeiro melhores. Outro espaço para debate será o acampamento da juventude, com a abordagem de temas como manipulação da mídia e a luta das mulheres negras. A programação completa da Tenda dos Pensadores e do Acampamento da Juventude está no fim do texto.

 

O festival também contará com a realização da feira da Reforma Agrária e Economia Solidária, na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro. Serão mil m2 de área coberta com palco montada para apresentações culturais variadas e comercialização de 100 toneladas de alimentos, abrangendo as regiões Sul/Sudeste do Brasil. Haverá também o espaço Culinária da Terra para a venda de comidas típicas do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. E, terá também a Feira Literária Paulo Freire, com mais de 3.000 títulos disponíveis de 20 Editoras.

 

Programação da Tenda dos Pensadores Darcy Ribeiro (Centro)

 

Dia 19 de Julho – Quinta-feira

9h – Abertura – Prefeito de Maricá: Fabiano Horta (foto)

10h – mesa: A conjuntura internacional e a crise do capitalismo

 

Dia 20 de Julho – Sexta-Feira

10h – mesa: Os dilemas de um projeto para o Brasil

 

Dia 21 de Julho – Sábado

10h – mesa: O Rio e seus desafios

 

Dia 22 de Julho – Domingo

10h – mesa: Utopia

 

Programação do Acampamento da Juventude

 

Dia 19 de Julho – Quinta-feira

9h – Abertura – Tenda da Utopia

Prefeito de Maricá: Fabiano Horta

 

14h – 16h mesa: Quem se importa com a vida de quem se importa? (vídeo)

16h – 18h – mesa: A luta para superar a LGBTfobia no brasil

 

Dia 20 de Julho- Sexta-Feira

 

10h – 12h – mesa: Manipulação da mídia

14h – 16h – mesa: O que é política para você?

16h – 18h – mesa: Substâncias lícitas e ilícitas na sociedade

 

Dia 21 de Julho – Sábado

 

10h – 12h – mesa: De Dandara a Marielle – a luta das mulheres negras pelo o direito de existir

14h – 16h – mesa: Os desafios da geração negra e indígena na universidade

16h – 18h – mesa: A cultura como centro da resistência

 

Dia 22 de Julho – Domingo

 

10h – 12h – mesa: Conversas com jovens escritores e suas experiências

14h – 16h – mesa: Debate sobre PPJ

 

Programação dos shows

 

Dia 19 de Julho – Quinta-feira

22h – Martinho da Vila (praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro)

00h – Ponto de Equilíbrio (acampamento da Juventude em São José de Imbassaí)

 

Dia 20 de Julho – Sexta-Feira

22h – Maria Rita (praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro)

00h – Bicho de Pé (acampamento da Juventude em São José de Imbassaí)

 

Dia 21 de Julho – Sábado

22h – Marcelo Jeneci (praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro)

00h – Negra Li (acampamento da Juventude em São José de Imbassaí)

 

Dia 22 de Julho – Domingo

20h – Claudinho Guimarães

22h – Emicida (praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro)

00h – BNegão (acampamento da Juventude em São José de Imbassaí)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino