Marcelo Delaroli afirma que não é contra a Operação Lava Jato

O deputado federal e pré-candidato ao governo do Estado do Rio, Marcelo Delaroli (PR) disse que foi surpreendido com seu nome numa lista de parlamentares que são a favor de uma CPI para derrubar a Operação Lava Jato. Assim que foi divulgada a lista, na noite de segunda-feira (18), o GBNEWS entrou em contato com o parlamentar que se disse surpreso porque não tinha assinado nada e que mandaria sua assessoria apurar

foto Agência GBNEWS

Marcelo Delaroli tomou conhecimento da lista através do GBNEWS

Marcelo Delaroli mandou a seguinte nota para esclarecer sua posição e, segundo ele, o documento é falso.

"Fui surpreendido com minha assinatura em uma lista que supostamente frearia a lava jato. Não assino nada contra a lava jato, tampouco assinaria ou apoiaria algo partindo do PT, partido com maior número de condenações na lava jato.

Solicitei com urgência a retirada do meu nome do documento, e acionei o departamento jurídico diante da suspeita do grave crime de falsificação e/ou adulteração, junto a outros deputados que também denunciam a adulteração no cabeçalho da lista que assinaram porque afirmam que não havia qualquer menção em investigar a lava jato.

Quem acompanha a minha vida pública sabe que não sou investigado por nada, cumpro com a obrigação de ser ficha limpa, ter um mandato pautado pela ética. Assim continuarei, sem me omitir, enfrentando essas organizações criminosas disfarçadas de partido político que destruíram o nosso estado.

Esclareço ainda que, em virtude do anúncio da minha pré-candidatura ao governo do Estado do RJ, nosso departamento jurídico já atua no combate aos criminosos que produzem e espalham notícias falsas (fake news), ofensas à moral, imagem e honra. Tomaremos todas as medidas cabíveis para reprimir e punir", conclui a nota do deputado federal do PR/RJ Marcelo Delaroli.