Datafolha: com Lula preso Bolsonaro lidera pesquisa

O pré-candidato do PSL à Presidência, deputado federal do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro, lidera com 19% a pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (10) nos cenários sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O petista aparece na liderança com 30% das intenções de voto e vence todas as simulações de segundo turno nas enquetes em que aparece o nome dele

No cenário sem o ex-presidente preso, Marina Silva (Rede) aparece em segundo lugar com até 15%, seguida por Ciro Gomes (PDT), que oscila entre 10% e 11% e Geraldo Alckmin (PSDB), que aparece com 7%. O ex-ministro e o ex-governador estão empatados tecnicamente. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa é a primeira feita após a paralisação dos caminhoneiros que parou o país e acontece dois meses após a prisão de Lula. O instituto entrevistou 2.824 eleitores, na quarta (06) e na quinta-feira (07) da semana passada. Na sexta-feira (08), o PT reafirmou a candidatura de Lula, mas ele deve ser impedido pela Justiça de concorrer.

A mesma pesquisa mostra que a crise provocada pela paralisação dos caminhoneiros aumentou a impopularidade do presidente Michel Temer (MDB). Segundo o Datafolha, 82% consideram seu governo ruim ou péssimo. A taxa de reprovação aumentou 12 pontos percentuais em relação ao ultimo levantamento em abril. Temer, segundo o Datafolha, é o presidente mais impopular desde a redemocratização do país. Em setembro, ele tinha 73% de reprovação.