Empresários de Maricá criam associação para alavancar o turismo

Finalmente Maricá começa a tomar um rumo profissional para a sua vocação que é o turismo. Com suas belas praias, lagoas, serras, trilhas, igrejas e outros atrativos, bem perto da capital do Estado (distante 60km), a cidade não pode viver eternamente dos royalties do petróleo

Lagoa de Araçatiba no Centro é o novo point de Maricá

É sabido que o “ouro negro” é finito e como Maricá está servindo de referência em várias áreas, tem que dar um basta no amadorismo nesse “turismo” limitado a passeios de bicicleta, festinhas na pracinha etc. Pensando grande, Prefeitura e Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) promoveram o 1º Seminário Empresarial de Turismo que reuniu empresários de hotéis, pousadas, restaurantes, artesãos, taxistas, empreendedores e muitos outros.

O prefeito Fabiano Horta (PT) que recentemente entregou o Aeroporto de Maricá totalmente reformado e modernizado, foi sinalizado pela Petrobras da importância da instalação de um bom hotel na área do Centro da cidade. Com a chegada de helicópteros, estará movimentando o turismo porque trabalhadores das plataformas de petróleo certamente passarão pelo menos uma noite na cidade indo ou vindo do trabalho em alto mar. Isso sem falar nas famílias que buscarão as delícias naturais e gastronômicas que Maricá oferece. Com isso, serão gerados empregos, renda e mais arrecadação para a cidade, que não pode perder os hóspedes para Itaboraí, município vizinho que está cheio de bons hotéis, porém ociosos com o fracasso da instalação do Complexo Petroquímico do Estado RJ (Comperj).

Nos últimos oito meses cerca de 20 empresários locais vêm se reunindo para criar a Associação Empresarial e Turística de Maricá, internacionalmente reconhecida como Convention & Visitors Bureaux. Nesta terça-feira (05), representantes do Clube de Diretores Lojistas (CDL), da Associação Comercial, de hotéis e pousadas vão se reunir para tratar da estrutura e definir a data da fundação do Convention & Visitors Bureaux de Maricá.

Esse é o primeiro grande passo para a iniciativa privada, em parceria com os executivos municipal e estadual, para começar uma nova era do turismo na cidade. Tudo será feito com a colaboração técnica do presidente da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Rio de Janeiro, Marcos Navega, um dos maiores conhecedores de turismo do país.

Maricá precisa de uma rede hoteleira forte, de incentivo às pousadas, ações de governo, desenvolvimento de destino turístico através do trabalho conjunto público/privado, formação de produtos e roteiros turísticos e o planejamento de ações para geração de negócios e oportunidades, calendário fixo de eventos e comercialização do destino Maricá. Para isso tudo acontecer com sucesso, o secretário municipal de Turismo deve fazer como fez no 1º Seminário Empresarial de Turismo de Maricá: não assinar a lista de presença.