Vinicius Claussen é o novo prefeito de Teresópolis

Com apenas 22 votos de diferença para o segundo colocado, o empresário de 39 anos, Vinicius Cardoso Claussen da Silva (PPS) obteve 23.500 votos e é o novo prefeito de Teresópolis. Disputaram a eleição suplementar neste domingo (03), nove candidatos e a posse será no máximo em nove dias. Como ironia do destino, o segundo colocado, médico Luiz Ribeiro (MDB), em 1998 se elegeu deputado federal com a diferença de apenas um voto para Álvaro Valle, do PL, que tentava mais um mandato

Vinícius Claussen vai governar Teresópolis até dezembro de 2020

“Há 40 dias em tinha zero% de intenção de votos. Essa foi a eleição da esperança. O teresopolitano quer renovar, quer gente de ficha limpa, quer gente do bem. Vamos iniciar um novo ciclo, o ciclo do bem, essa foi a eleição da esperança", disse o novo prefeito de Teresópolis que obteve 36,58 % dos votos válidos e assume com o vice Ari Scussel Junior o mandato que vai até dezembro de 2020.

Além de Vinícius Claussen e Luiz Ribeiro, disputaram a eleição suplementar para prefeito Maria Correa Bertoche (PSOL), Odenir Cardoso Moreira (PP), Milton Cezar Ramos Rodrigues (PSDB), Nelson da Costa Durão (PRP), Roberto Petto Gomes (SD), Roberto José de Mello Oliveira Alves Filho (PT) e Carlos Dias Filho (DEM).

Ao todo, foram apurados 125.908 votos nas 371 sessões eleitorais da cidade, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Deste total, 14.658 foram nulos e 3.541 brancos.

As novas eleições foram convocadas depois que o ex-prefeito Mário Tricano (PP) desistiu de uma liminar que mantinha ele e o vice, Sandro Dias (PP), nos cargos, em 23 de março.

No dia 4 de abril, o presidente da Câmara de Vereadores, Pedro Gil (PP), assumiu a Prefeitura de Teresópolis interinamente